formats

Abastecimento de água de Jequié esta normal

Publicado em 2 de março de 2015, por em Ari Moura.

A reportagem deste blog registrou a meses atras que o nível das águas na barragem do Cajueiro as margens da BR-330 tinha baixado com o período de estiagem por alguns meses de 2014. Mas no final do ano passado e inicio deste ano (2015) com as chuvas que tem caído na região o nível das águas nesta barragem melhorou chegando a subir 60 centímetros caso continue chovendo pode sangrar, fato que já tem um bom tempo que não acontece. Hoje a água da barragem do Cajueiro com uma vasão em torno de 180 metros³ por segundo 24 horas em operação por gravidade esta abastecendo os bairros do Jequiezinho e Mandacarú devendo se manter pelos próximos dias. A noticia de que uma mineradora estaria realizando testes na região da barragem causou preocupação e ainda existe a possibilidade de entrar em operação vai depender da autorização das autoridades ambientais estadual e municipal.

Barragem do CajueiroBarragem do Cajueiro está com bom volume de águas. (Foto Produção)

Outro sistema que abastece de água o município de Jequié (sede) e o distrito de Baixão é da barragem de Pedras com um volume de água muito grande que assegura o abastecimento por vários anos (2033). Esteve desativado por um bom período até o inicio da estiagem na região obrigando a Embasa a colocar em operação inicialmente por 12 horas/diária com um volume de vasão em torno de 160 metros³ por segundo abastecendo os bairros de Curral Novo, Cidade Nova, Km-3, Km-4, Joaquim Romão, centro, São Luiz,  São Judas Tadeu e Amaralina. Existe a possibilidade da Embasa diminuir a operação para 12 horas/dia caso as chuvas continuem. Um dos problemas que é registrado em Jequié é o desperdiço de água com vazamentos em vários pontos da cidade além das pessoas que não colaboram usando água de forma errada lavando carros, passeios e outros de forme desordenada. Além de pagar caro prejudica o abastecimento de outros pontos da cidade.

formats

Embasa joga água tratada fora

Publicado em 2 de março de 2015, por em Ari Moura.

Foram mais de 48 horas que a reportagem da Jequié FM registrou o desperdiço de água num reservatório localizado próximo ao Distrito Industrial de Jequié no bairro do Mandacaru que pertence a Embasa para o abastecimento. Este fato aconteceu na semana que passou inclusive a reportagem avisou a prepostos da Embasa, mesmo assim demoraram de verificar o problema. Depois tomamos conhecimento que teria quebrado uma boia (ferrugens) o que causou o derramamento da água tratada, mostrando que falta manutenção nos equipamentos que operam o sistema de abastecimento de água em Jequié colocando a população em risco de um problema maior e mas grave. A água derramada chegou até Av. Otávio Mangabeira no Distrito Industrial de Jequié (foto).

000_0002Água desperdiçada pela Embasa alagou as margens da Av. Otávio Mangabeira. (Foto Agência AM)

banner-729-x-80-matriculas-jequie

formats

A SEMANA

Publicado em 1 de março de 2015, por em Ari Moura.

Chegamos ao terceiro mês do ano de 2015-março, ainda naquele clima de que o ano estaria começando agora, o que seria uma grande temeridade porque perdemos praticamente 60 dias o que é muito ruim para um país como o Brasil que tem um número grande de famílias passando fome, analfabetos,  pior sem saúde com perspectivas horríveis como afirma o Tribunal de Contas da União TCU isso mesmo! Mas ainda conseguimos sobreviver mesmo depois das medidas tomadas pelo Governo Federal com os aumentos que aumentou a inflação nos dois primeiros meses do ano, os gêneros alimentícios já esta pesando no orçamento das famílias e o brasileiro vai fazendo as suas “manobras” para viver e sobreviver. Depois da passagem do secretário de saúde do estado por Jequié visitando alguns setores como Hospital geral Prado Valadares e já vão mais de 10 dias não aconteceu nada, mas um final de semana com poucos médicos atendendo no plantão, medicamentos alguns continuam faltando a UPA no Joaquim Romão continua do mesmo jeito e por aí vai…Os deputados federais que representam Jequié junto ao Governo do Estado estão são prometendo que vão cobrar  mas continuam calados é só nas entrevistas como um fez no sábado pela manhã numa emissora de radio de Jequié dizendo que vai esta com o governador que vai pedir isso e aquilo como dizem os mais novos: “Eu quero é prova!”. Olha fica mesmo difícil querer iniciar uma campanha no município para melhorar a auto estima da população o jornalista Wilson Novaes Júnior tem toda razão segundo soube que repreendeu o presidente da Associação Jequieense de Imprensa-AJI Emanoel Andrade num programa que foi ao ar no sábado (28.02.) porque ele criticou a imprensa (alguns profissionais) por que critica administração municipal, porque mostra o que esta acontecendo de errado em Jequié. Realmente o Neo que conheço mudou de lado uma hora solta a metralhadora sem controle no programa que é patrocinado pela CDL e ACIJ depois critica a imprensa porque faz criticas não estou entendendo o papel dele nesta história, será que tem razão ou perdeu o rumo? Mas isso não é tão importante tem coisas mais interessantes  que devo passar para este grande público leitor que nos prestigia toda semana. A ferrovia por exemplo que alguns dias atras chegavam informações que parou na região de Barra do Rocha, uma hora são as chuvas, outra hora os trabalhadores reclamando pagamentos por parte das empresas, até a Prefeitura de Barra do Rocha teria proibido a passagem das caçambas carregadas por dentro da cidade que estava danificando a pavimentação. É um sufoco as obras desta ferrovia que já deveria ter terminado nos vários lotes principalmente estes que cortam esta região. Agora já estão anunciando que será em dezembro de 2016 e 2017, quem quiser saber como esta o túnel que esta sendo construído em Jequié vai ver que vai demorar muito a sua conclusão. A história do terminal ferroviário de cargas  ou outro nome que queiram dar tornou a esfriar e ficando difícil de ser construído em Jequié mesmo porque todo o projeto da ferrovia já esta pronto e mudanças vai depender de muita força de vontade dos políticos que representam Jequié seja na câmara ou na assembleia legislativa, assim como o próprio governador Rui Costa que continua devendo uma grande obra para Jequié no seu governo e observem que ele ainda tem 3 anos e 10 meses para fazer isso. Em Jequié a mensagem da prefeita Tânia Brito cheio de realizações deixando alguns poucos vereadores da situação esperançosos outros não a oposição fazendo pouco das promessas e o povo não acreditando em nada, administração municipal teria mesmo que mudar muito para melhor para sair dos mais de 75% de reprovação em que se encontra. Para concordar um pouco com o presidente da Associação Jequieense de Imprensa-AJI Emanoel Andrade de que devemos ser mais otimistas acompanhei mas um lançamento imobiliário em Jequié com toda área documentada e registrada mostrando que este setor no município ganhou força e empresários de fora estão chegando para investir, recebi uma informação e ainda não posso dar o nome da empresa que esta chegando para Jequié com boas perspectivas de emprego e renda se mim perguntarem porque esta chegando confesso a vocês que não sei mas fiquem acompanhando este blog que a qualquer momento a noticia chega e vocês vão ficar sabendo. Uma ótima semana para todos e muita saúde…

Grafica Aquarela

banner-729-x-80-matriculas-jequie

formats

Aos 71 anos, morre cineasta baiano Tuna Espinheira

Publicado em 28 de fevereiro de 2015, por em Ari Moura.

Aos 71 anos, o cineasta baiano Tuna Espinheira faleceu na tarde de sábado (28.02.), no Hospital da Bahia. De acordo com familiares, Espinheira morreu por volta das 15 horas e 30 minutos, em decorrência de um câncer. Ele já estava internado há alguns dias na unidade médica, mas a doença foi diagnosticada tardiamente. O sepultamento do cineasta acontecerá na manhã deste domingo (1º), às 11 horas, no Cemitério Jardim da Saudade Baiano de Poções, Tuna Espinheira atuou por mais de 30 anos no cinema baiano como documentarista, tendo realizado diversos curtas-metragens. Sua primeira produção, lançada no ano de 1969, tratou sobre o Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Tuna Espinheira também escreveu e dirigiu o “Major Cosme de Farias: O Último Deus da Mitologia Baiana”, “Dr. Sobral Pinto”, “Samba Não Se Aprende na Escola”, “Comunidade do Maciel”, “O Fazendeiro do Ar”, “A Ilha da Resistência”, entre outros O cineasta chegou a atuar em alguns filmes, a exemplo de “Um Sonho de Vampiros”, de Iberê Cavalcanti, 1969, e “Cascalho”, dirigido por ele. Este foi o primeiro longa-metragem de ficção do cineasta, baseado no romance de Herberto Sales. Totalmente filmado em Andaraí, na Chapada Diamantina, o filme conta a saga dos garimpeiros na região na primeira metade do século passado (anos 30) e suas disputas com os coronéis.

Família

Tuna Espinheira é irmão de Ruy Espinheira Filho, o primogênito de sete irmãos e imortal da Academia de Letras da Bahia. No último dia 28 de dezembro, um dos irmãos mais novos do cineasta, o geólogo Paulo Espinheira, também morreu em decorrência de um câncer dois dias depois do aniversário. Em Jequié Tuna Espinheira deixa alguns amigos a exemplo de Lenam Oliveira que tem uma admiração muito grande por todos da família.

Tuna EspinheiraTuna Espinheira atuou por mais de 30 anos no cinema baiano como documentarista. ( Foto Produção)

 banner A FOLHA

 

banner-729-x-80-matriculas-jequie

formats

Novo presídio de Conquista não tem data para ser inaugurado

Publicado em 28 de fevereiro de 2015, por em Ari Moura.

Com obras concluídas desde o final do ano passado, o novo presídio de Vitória da Conquista, no sudoeste, continua parado, sem data para ser inaugurado. Segundo o Blog do Anderson, Alexsandro Oliveira (Alex Bombeiro), diretor geral do Presídio Advogado Nilton Gonçalves, informou que a licitação para contratar a administradora do local deve sair nos próximos dias. A nova detenção de Conquista terá cinco módulos, sendo três masculinos (511 internos) e dois femininos (209 internas).

Presidio de ConquistaPresidio em Vitoria da Conquista já se encontra pronto. (Foto blogdoanderson)

anuncio-brascont-blog-ary-moura47

banner-729-x-80-matriculas-jequie

formats

Mortugaba: Cego marceneiro fabrica ferramentas e instrumentos musicais

Publicado em 28 de fevereiro de 2015, por em Ari Moura.

Um homem em Mortugaba, no sudoeste do estado, que perdeu a visão há 14 anos, realiza ações incomuns para quem é cego. Ursulino Oliveira, de 59 anos, trabalha como marceneiro e fabrica entre outros artefatos, ferramentas para agricultura e instrumentos musicais, como violão. O sonho de seu Ursulino, é claro, seria voltar a enxergar, no entanto, a cirurgia não devolveria a visão completa ao homem. “A vontade de enxergar é grande. Os médicos dizem que se eu tirar umas cataratas agudas, teria a possibilidade de ver vultos. Isso já seria bom para mim”, disse em reportagem de Max Dayan.

MortugabaCentro de Mortugaba no Sudoeste da Bahia. (Foto Divulgação)

BANNER LEITE Sol na pagina

banner-729-x-80-matriculas-jequie

formats

Abandono do museu de Jequié

Publicado em 28 de fevereiro de 2015, por em Ari Moura.

A exemplo do que vem acontecendo com outros prédios públicos em Jequié o antigo Grupo Escolar Castro Alves que foi transformado em Museu Histórico de Jequié graças a participação efetiva da ASSAM entidade que foi fundada pelo jornalista Raimundo Meira Magalhães e outros amigos justamente para manter o museu. Lamentavelmente completados dois anos neste inicio de março de 2015 que o prédio foi fechado com uma placa sendo colocada anunciado uma reforma que nunca aconteceu. A reportagem deste blog registrou com fotos a situação lamentável em que se encontra o prédio abandonado pela atual administração municipal os riscos que o acervo histórico esta correndo com as chuvas que caíram podendo ter molhado peças, livros, fotografias e outros objetos. Um exemplo do descaso a grade que cerca o prédio (foto) já foi danificada mostrando que o local já foi vistado pelos vândalos. Que situação chegou o museu…

MuseuVândalos já abriram buracos na cerca de proteção do museu em Jequié. (Foto Agência AM)

banner-729-x-80-matriculas-jequie

formats

FOTO DA SEMANA

Publicado em 28 de fevereiro de 2015, por em Ari Moura.

Antonio-Tourinho-Bispo

O novo bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Antônio Tourinho Neto, de 50 anos, foi apresentado aos fiéis no domingo (22.02.) na Basílica do Sagrado Coração de Jesus, bairro da Boa Vista, no Recife. O arcebispo dom Fernando Saburido  celebrou a missa, que contou com a presença de seminaristas, sacerdotes, religiosos e autoridades civis, além de familiares e fiéis da Diocese de Jequié, que prestigiaram Dom Antonio Tourinho Neto contando também com a presença de dom José Ruy Gonçalves Lopes bispo em Jequié.

banner-729-x-80-matriculas-jequie

formats

A FOLHA – edição 624 de 27 de fevereiro de 2015

Publicado em 28 de fevereiro de 2015, por em Ari Moura.

Página 01

formats

Fundação José Silveira comemora 78 anos com lançamento de prêmio

Publicado em 28 de fevereiro de 2015, por em Ari Moura.

A Fundação José Silveira lançou ontem (25/02) a terceira edição do Prêmio Professora Maria Theresa de Medeiros Pacheco, comemorando os 78 anos da instituição em solenidade realizada no auditório do IBIT. “Sinto-me honrada por ter sido indicada por Maria Theresa Pacheco para assumir a superintendência da Fundação, em 2009, após 17 anos te intensa atuação nesta instituição. A sua trajetória e a confiança que ela depositou em mim me inspiram e estimulam para continuar ampliando os horizontes desta obra de impacto social, criada pelo professor José Silveira”, declarou a superintendente da FJS, Leila Brito, em cuja gestão foi lançada a premiação que abrangência internacional. A homenageada foi a primeira catedrática de Medicina Legal do Brasil, membro fundador da Sociedade Brasileira de Bioética e presidente da Fundação José Silveira, último cargo em sua carreira. Ao falar sobre a importância do prêmio, o presidente do conselho da FJS, Dr. Geraldo Leite, traçou um paralelo entre os dois professores, José Silveira e Maria Theresa Pacheco, “personalidades notáveis pela sua produção científica, pelo pioneirismo e pelas contribuições em prol da medicina baiana”. Durante o evento, o coordenador técnico-científico do IBIT, Dr. João Carlos Coelho Filho, fez uma palestra sobre as “Sequelas clínicas e radiológicas da tuberculose pulmonar”, tema do prêmio deste ano, voltado a médicos e estudantes de medicina do último semestre.

Apoio das entidades médicas

 O prêmio idealizado pela FJS conta com o apoio da Associação Bahiana de Medicina (ABM), Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb), Faculdade de Medicina da Bahia, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Rotary Club da Bahia, Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz (Fiocruz), Instituto de Saúde Coletiva (UFBA), Rede TB, Instituto Bahiano de História da Medicina e Ciências Afins e Academia de Medicina da Bahia. A solenidade foi prestigiada por diversas personalidades, incluindo o subsecretário de Saúde do Estado e professor titular da Faculdade de Medicina da Bahia, Roberto Badaró; os médicos Jorge Pereira, César Araujo e Antonio Carlos Lemos, do Hospital das Clínicas (UFBA); Dr. Paulo Bittencourt, do Hospital Português; a professora Susan Pereira (UFBA); Dr. Guilhardo Fontes, diretor acadêmico da ABM; professor Almério Machado, presidente da Academia de Medicina da Bahia; Dr. Jorge Cerqueira (Cremeb), Edilúcio Fernandes, presidente do Rotary Club da Bahia; Rosinha Bahia, diretora do Hospital Martagão Gesteira; e Maurício Dias, presidente da Federação das Santas Casas da Bahia (Fesfba), entre outros.

Dr Geraldo Leite e Leila BritoDr. Geraldo Leite e Srª Leila Yossef (Foto Divulgação)

Grafica Aquarela

banner-729-x-80-matriculas-jequie