formats

Governador fica no estádio Waldomiro Borges 1 hora prometendo tudo.

Publicado em 22 de julho de 2017, em Jequié.

O governador da Bahia Rui Costa chegou a Jequié com atraso de 1 hora e 25 minutos descendo de helicóptero no gramado do estádio Waldomiro Borges. Recebido pelo prefeito de Jequié Sergio da Gameleira e políticos correligionários do governador, alguns prefeitos e vereadores. Perguntado pela reportagem deste blog se iria ajudar na recuperação do estádio WB, ele respondeu que vai aguardar o relatório que deverá ser apresentado pela Federação Baiana de Futebol-FBF e ver a possibilidade de ajudar no que for possível, No mesmo momento a reportagem perguntou ao presidente da FBF Ednaldo Rodrigues que se encontrava no estádio quando a entidade irá apresentar o relatório da inspeção que foi realizada e ele respondeu que no máximo em 10 dias deverá está pronto. O prefeito de Jequié Sergio da Gameleira também foi ouvido pela reportagem e de imediato adiantou que a prefeitura deverá fazer a sua parte com recursos próprios mas espera que o estado venha ajudar. O deputado Antonio Brito que andou anunciando que iria colocar uma emenda de 500 mil reais para recuperação do estádio aproveitou as promessas do governador e ficou calado não falando nada sobre a emenda. O Coronel Diniz que fez a vistoria disse a reportagem que até terça-feira (25.07.) deverá entregar o relatório ao presidente da FBF.

 

 

 

 

 

 

 

 

Prefeito Sergio da Gameleira recebeu gov. Rui Costa no estádio. (Foto Agência AM).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gov. Rui Costa percorreu em volta do gramado do estádio Waldomiro Borges. (Foto Agência AM).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Coronel Diniz conversa com comandantes da PM em Jequié. (Foto Agência AM).

 

 

 

formats

FOTO DA SEMANA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A queda da temperatura que aconteceu no inicio desta semana em grande parte do Brasil, principalmente no litoral e nos estados do Sul. Também chegou a região do município de Jequié onde os termômetros chegaram a registrar 14 graus ao amanhecer e até 11 graus pela madrugada de terça-feira (18.07.). Para quem esta acostumado durante a maioria dos meses a uma temperatura de 30 a 38 graus chegar aos 14 graus foi realmente  muito frio obrigando ao uso do cobertor e roupas mais quentes. O nevoeiro foi outro fator marcante cobrindo a sede do município de Jequié onde os edifícios ficaram encobertos só melhorando a partir das 8 horas e 30 minutos. O frio chegou também em outros municípios da região a exemplo de Itiruçu e Lajedo do Tabocal onde os termômetros assinalaram 10 graus e Maracás 7 graus.

 

formats

Inspeção da FBF chega ao estádio Waldomiro Borges.

Publicado em 21 de julho de 2017, em Esportes.

A Comissão de Inspeção da Federação Baiana de Futebol-FBF chegou a Jequié somente as 16 horas de sexta-feira (21.07.) indo direto para o estádio Waldomiro Borges. Chefiada pelo Coronel da PM Diniz eles foram recebidos pelo Secretário Municipal de Esportes Marcelo Vovô, pelo presidente da ADJ Juarez Sampaio, um engenheiro da Sudesb e alguns componentes da imprensa. A reportagem deste blog o Coronel Diniz afirmou que já conhece o estádio Waldomiro Borges e sabe dos principais problemas e falou: gramado, capacidade da arquibancada, iluminação e vestiários. E a primeira sugestão que ele vai apresentar para sanar um dos problemas do estádio será a construção dos vestiários para as equipes e árbitros no lado oposto da arquibancada (lado aonde fica o placar). Local onde deverão ser construídas também as cabines para emissoras de radio e televisão e local para imprensa escrita. A Comissão deverá permanecer até o meio dia de sábado (22.07.) para preparar o relatório que deverá ser entregue ao presidente da FBF Ednaldo Rodrigues que inclusive chega a Jequié neste sábado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gramado do estádio Waldomiro Borges em Jequié vai precisar ser trocado. (Foto Agência AM).

formats

Entrevista do presidente da ACIJ repercute.

Publicado em 21 de julho de 2017, em Jequié.

A entrevista que o presidente da Associação Comercial e Industrial de Jequié-ACIJ, Cassio Moura concedeu ao jornalista Ari Moura no programa jornalistico Ari Moura Comunicando na Jequié FM 89,7 que foi ao ar na quinta-feira (20.07.) no horário das 12 ás 13 horas. Repercutiu nos meios políticos e empresariais pelas denuncias feitas com muita propriedade pelo presidente da ACIJ principalmente quando falou sobre o descaso do governo do estado quando construiu cinco galpões para abrigar empresas e não providenciou a infraestrutura do local como pavimentação, urbanização e esgotamento sanitário. Quanto ao  último problema o presidente Cassio Moura deixou claro que desde que o Distrito Industrial Rio das Contas em Jequié foi implantado que não existe o saneamento básico as empresas são responsáveis pela retirada dos dejetos. Quanto a recuperação das ruas do distrito que vem se arrastando desde o inicio do governo de Jaques Wagner (8 anos) e agora no governo de Rui Costa (três anos) nada foi feito apenas abertura de concorrência onde uma empresa ganhou começou um serviço de recuperação de calçadas depois parou e nunca mais se viu nada. Houve uma manifestação dos empresários com apoio da ACIJ mas até agora o que aconteceu foi uma cobrança por parte do estado de “taxa de localização” e mais nada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Presidente da ACIJ Cassio Moura com o presidente do CCJ Tadeu Cafezeiro em outro momento na Jequié FM. (Foto arquivo).

 

formats

Frigorifico reabre mas câmera não.

Publicado em 21 de julho de 2017, em Jequié.

Desde a segunda-feira (17.07.) que o Frigorifico Vale do Sol voltou a operar no abate de bovinos, no município de Jequié, depois de ficar quase três meses fechado. A volta do funcionamento normal do frigorifico se deu através de uma inspeção realizada pela Vigilância Sanitária Estadual e não mais pela inspeção federal que vinha atuando dentro do próprio frigorifico por vários anos o que seria o correto. Mas como existia prejuízos financeiros e principalmente desempregos houve um “acordo” para que o frigorifico funcionasse dentro dos padrões exigidos pela vigilância sanitária.

CÂMERA:

Já a câmera frigorifica que funcionava no Centro de Abastecimento Vicente Grilo no centro de Jequié. Continua fechada passando por melhoramentos que praticamente só começaram esta semana atendo as determinações da vigilância sanitária que constatou uma serie de irregularidades principalmente no que tange a higiene na parte interna da câmera. Funcionário que estava trabalhando no local não soube informar quando os serviços serão concluídos para que a câmera frigorifica volta a funcionar normalmente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Câmera frigorifica continua fechada. (Foto Agência AM).

 

formats

Retorno às aulas e boas-vindas aos estudantes.

Publicado em 20 de julho de 2017, em Atualidades.

Com a retomada das aulas e início do novo semestre, 2017.1, o reitor da Universidade, professor Paulo Roberto Pinto Santos, deixou sua mensagem aos estudantes que já integram o quadro discente e aos que estão chegando à Universidade nos três campi: “Gostaria de dar boas-vindas aos novos estudantes que estão ingressando na nossa Universidade, como também àqueles que já estão aqui, participando, construindo a sua vida acadêmica”. O reitor destacou ainda a posição da Uesb no contexto das universidades públicas brasileiras, com o objetivo de inteirar os estudantes sobre o perfil da Universidade. “A Uesb, hoje, é uma instituição com reconhecimento nacional por meio do Índice Geral de Cursos (IGC), feito pelo Ministério da Educação. Estamos classificados entre as melhores universidades do país, com o IGC 4, que é classificado de 1 a 5”, ressaltou o professor. O professor também alertou sobre a questão do trote na Instituição. Para a professora da Uesb e psicóloga, Odilza Lines, as consequências psicológicas do trote podem variar de sentimentos de inadequação em relação aos colegas e à instituição até a um quadro de transtorno de estresse pós-traumático, a depender da violência vivenciada e percebida.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estudantes da UESB de volta as aulas. (Foto Divulgação Uesb).

formats

Itaquara, Itamari e Wenceslau festejam emancipação política

Publicado em 20 de julho de 2017, em Municipios.

 Três destacados municípios da região de Jequié fizeram nesta semana aniversário de emancipação política e todos foram brindados pelo deputado Euclides Fernandes (PDT) com Moção de Congratulações. O município de Itamari    fez 45 anos no último dia 18 e Wenceslau Guimarães fez os mesmos 45 anos no dia 19 e Itaquara comemorou seus 91 anos também no dia 19. O município de Itamari  é um pequeno município encravado no meio da região cacaueira, mais precisamente entre os municípios de Gandu, Apuarema, Venceslau Guimarães e Nova Ibiá. Seguindo o histórico de vários municípios baianos e nordestinos, a origem de Itamari não é muito diferente. No final do século XIX a família Freire adquiriu imensa área onde futuramente foi implantado o município. O chefe da família era João Freire de Carvalho que com a esposa Maria Rosa de Jesus teve nove filhos, que constituíram os primeiros núcleos de imigrantes na Fazenda Tabocas, assim denominada em razão do rio Tabocas, que atravessava a propriedade. Após 1920, com os filhos casados e cultivando as áreas que lhes foram destinadas, o sr. João Freire decidiu intensificar a cultura do cacau e buscou a contratação de trabalhadores nas localidades circunvizinhas. Segundo registros históricos esta contingência, era formada quase na sua totalidade, por negros e mulatos,  destituídos de laços sólidos de família, muitos, nem mesmo sabiam escrever seus próprios nomes, e encontraram ali, a feliz possibilidade, de poder reconstruir as suas vidas. Hoje,  a esperança dos seus habitantes está depositada na figura do prefeito Valter Andrade da Silva Júnior para que o município prospere e seus habitantes tenham orgulho de sua cidade.  Já o município de Wenceslau Guimarães tem sua história iniciada no final do século XIX quando  integrantes de uma família denominada Carvalho que buscavam terras férteis para desenvolver atividades agrícolas descobriram a área e lá se instalaram. Foram seguidos por outras famílias que construíram casas e deram início ao povoado que recebeu o nome de Lage do Rio das Almas. Esses desbravadores não estavam errado, a terra é realmente fértil. Tanto que o município é hoje o maior produtor nacional de graviola e banana-da-terra. Hoje, o prefeito Kaká, eleito com cerca de 60% dos votos vem buscando ampliar o desenvolvimento socioeconômico do município apresentando proposições para ampliação da receita e incentivando os produtores a ampliar suas plantações de graviola e banana-da-terra para que o município mantenha sua colocação de maior produtor nacional dessa duas iguarias muito apreciadas pelo consumidor brasileiro. O prefeito tem certeza que alcançará seus objetivos visto que a população tem demonstrado ser aguerrida e motivada para o trabalho. Além do grande número de propriedades rurais com alto índice de produtividade, o município possui um comércio bastante variado, compatível com as necessidades da população. O município de Itaquara que está hoje entre os dez maiores produtores de maracujá do País, tem a  sua história iniciada no século XIX  quando D. João VI concedeu uma sesmaria na região ao bandeirante Manoel Souza Santos. Formou-se um povoado chamado Caldeirão, baseado no comércio de gado. Em 1918, passou a condição de distrito com a denominação de Caldeirão, pertencente ao município de Areia. Em 1924, o distrito passou a fazer parte do município de Santa Inês. O município foi criado com território desmembrado do município de Santa Inês, por força da lei estadual de 19 de julho de 1926, com a denominação de Itaquara. Itaquara está situado a cerca de 10 km de Jaguaquara, tendo ainda fronteira com Cravolândia e Santa Inês. Hoje, o município se destaca entre os outros 415 que integram o Estado da Bahia, além de ser grande produtor nacional de maracujá possui 15 indústrias, ocupando o 126º lugar na posição geral do Estado da Bahia, e 84 estabelecimentos comerciais, ocupando a 241ª posição dentre os municípios baianos. Seu parque hoteleiro registra 20 leitos. O seu registro de consumo elétrico residencial é de 87,67 quilowatts por habitante, o 172º posto no ranking dos municípios baianos. Ainda neste ano o município tem mais um atrativo por possuir o prefeito mais jovem do Brasil. Com apenas 23 anos, o jovem Marco Aurélio Wanderley Cruz Costa foi eleito em disputado pleito quando venceu com apenas 37 votos de diferença. (Assessoria de Comunicação).

formats

Prefeita Maria das Graças solicita ao DNIT melhorias no trecho da BR-330

Publicado em 20 de julho de 2017, em Municipios.

A Prefeita de Ipiaú, Maria das Graças, se reuniu na última segunda-feira(17/07), com Amauri Sousa, Superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Estado da Bahia (DNIT-BA).  No encontro, a Chefe do Executivo Ipiauense solicitou melhorias na sinalização e implantação de novos redutores de velocidade no trecho da BR-330 que corta a cidade, demandas apresentadas pelos moradores. Segundo o Superintendente, uma equipe do órgão verificará os pontos que precisam de intervenções, e dentro das disponibilidades orçamentárias, os pedidos apresentados pela Prefeita serão analisados. (Assessoria de Comunicação – Prefeitura Municipal de Ipiaú –  ASCOMPMI).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Superintendente do Dnit Amauri Sousa com a prefeita de Ipiaú Maria das Graças. (Foto Divulgação).

 

formats

Dez anos sem ACM: Prefeito destaca influência do avô na história da Bahia

O prefeito ACM Neto destacou o legado deixado pelo avô, o senador Antonio Carlos Magalhães, que faleceu há exatos dez anos, para os baianos. Para o gestor, o tempo não apagou as marcas deixadas pela obra do senador, que colocou o estado em lugar de destaque em âmbito nacional. Se estivesse vivo, ACM completaria em setembro próximo 90 anos. No dia 4 de setembro, a família e os amigos preparam uma série de homenagens à memória do político, inclusive o lançamento de um livro. “O senador Antônio Carlos Magalhães foi, sem dúvida alguma, o maior político da sua geração. Colocou a Bahia como a razão de sua vida, transformou as causas do nosso estado como as causas da sua luta política e ajudou a constituir o que é a Bahia hoje. A Bahia se tornou um estado respeitado, destacado no Brasil graças ao trabalho de ACM, que teve a capacidade de se adaptar à mudança dos tempos, exercer um papel de vanguarda, e, por isso mesmo, deixou marcas tão importantes. Ele entrou para a história e o seu legado ainda será lembrado por muitas gerações”, observou ACM Neto. O prefeito também associa a marca da força política de seu avô ao homem público que se tornou. “A grande marca de ACM foi ter sido um grande político, que teve a capacidade de construir vitórias extraordinárias ao longo de sua vida pública, mas de ter conciliado isso com a excelência na administração, procurando sempre uma gestão de resultados. Não é apenas a figura do político, pois tem o lado do gestor também. Isso passou a me influenciar, a ter uma presença mais forte a partir do momento em que optei por entrar na vida pública. Sempre tivemos uma relação muito próxima, então fica nesse momento em meu coração a lembrança, a saudade daquele avô querido, amoroso, que acabou influenciando a vida de toda a família”, avaliou.

Homenagens – Para o mês de setembro, quando o senador completaria 90 anos, a família prepara um conjunto de homenagens para celebrar a vida de seu patriarca, exatamente como ele gostava. Será montada uma agenda liderada pelo Instituto ACM, com diversas atividades em Salvador – incluindo a publicação de um livro com artigos de muitos dos seus amigos, contando histórias, relatando passagens, algumas até inéditas. “Reservamos o mês de setembro, da passagem do seu aniversário, para que essas homenagens possam ser prestadas dentro de um momento festivo, de recordações do ele produziu em sua vida”, finalizou.
Prefeito de Salvador ACM Neto homenageia avô. (Foto Divulgação).
formats

20 de Julho – DIA DO AMIGO