Home Ari Moura A SEMANA
formats

A SEMANA

Publicado em 18 de junho de 2017, em Ari Moura.

Estamos no sexto mês do ano de 2017-Junho o clima é de festa principalmente no Nordeste onde os municípios comemoram os santos Antonio, João e Pedro são as festas juninas. Grandes festa ainda acontecem mesmo com todas as dificuldades que as Prefeituras enfrentam mas Caruaru em Pernambuco e Campina Grande na Paraíba não deixam de realizar grandes festas porque o município ganha com a economia o grande movimento de turistas que chegam de várias partes do Brasil. Até o final deste mês vamos conviver com as festas nos estados do Nordeste mas no Planalto Central mais precisamente em Brasilia as coisas continuam como vem acontecendo nos últimos quatros anos muitas denuncias e envolvimento de políticos e empresários de grandes empresas. Apesar da facilidade hoje das comunicações o acesso as noticias tem uma maior facilidade mas observo que uma grande maioria dos brasileiros não estão preocupados com o que esta acontecendo lá em Brasilia. Podem está indignados e revoltados com o que esta acontecendo mas com certeza ninguém vai parar de trabalhar para participar de uma grande manifestação como protesto por tudo que esta acontecendo. Depois das criticas que foram feitas aos organizadores de manifestações em Jequié os profissionais deste setor se acomodaram pelo menos neste período de festa por certo eles também estão curtindo o licor, milho assado, canjica, pamonha e outras bebidas e comidas da época. Quando ler este artigo vão acordar e no inicio do segundo semestre para mostrarem serviço volta a organizar manifestações que só servem para prejudicar a população quando fecham agências bancárias e tentar obrigar os lojistas a fecharem o comercio. Mas não é sobre isso que quero escrever tem assunto mais importante como o fechamento do primeiro semestre de 2017 e precisamos fazer uma avaliação da atual administração municipal em Jequié. Como já escrevi aqui neste espaço o prefeito de Jequié Sergio da Gameleira errou ao nomear alguns nomes para formar o seu secretariado, mas como não tenho “bola de cristal” para adivinhar o que pode acontecer, só acertei em algumas coisas. Por exemplo a indicação do vereador José Simões de Carvalho Júnior que até demorou demais, ele mesmo resolveu sair para evitar o nepotismo e a chuva de indicações que fez estava demais. Outro caso é do secretário municipal de infraestrutura Fabricio Borges que todos sabem que só foi indicado pela influencia do nome da família porque capacidade Zé Simões já disse tudo. E tem outros nomes que o prefeito Sergio da Gameleira teve que engolir em nome da “aliança politica”, vamos ver até quando vai durar esta aliança. Pior do que estava na época da prefeita Tânia Brito e sua trupe posso assegurar que não esta apesar dos vereadores de oposição querer atribuir que tudo esta a mesma coisa. Não acredito. Mas que esta precisando de uma injeção de animo, isso tá, ainda estão com aquela conversa que pegou o município quebrado, com muitos problemas, que a maquina estava desajustada. Mas já tivemos 6 meses chegando aos 170 dias para melhorar as coisas até aceitamos que o plano de governo que foi elaborado para este primeiro ano não foi implantado mas resolver os problemas posso dizer que já passou da hora. Tem que ser definido urgentemente aplicação dos recursos das precatórias ou na educação ou onde possa ser utilizado mas tem que ser para ontem ficar rendendo juros na aplicação não vai ajudar em nada. Vou continuar acreditando neste governo o povo de Jequié merece uma atenção melhor chega de sofrimento, seja como for se precisar mudar alguém prefeito não pense duas vezes mude que o povo lhe apoia. Pode ter certeza que 2018 será um ano tão difícil como este que já passou seis meses, e haverá cobranças por parte de alguns “aliados” que já mandaram recado através de entrevista que deram em uma emissora de radio durante a exposição agropecuária. Quem viver verá…Tenham todos uma ótima semana u muita saúde…


Você deve estar logado to post a comment.