Semana marcada por denuncias e prisões.

A semana foi marcada por fatos políticos que esquentaram o clima em Brasilia, Curitiba, Rio de Janeiro e Salvador. Na capital federal no Congresso Nacional senadores e deputados federais não se entendem para votarem as medidas encaminhadas pelo Governo Federal as suspeitas de envolvimento de parlamentares na corrupção onde alguns até festejam que foram “inocentados” de crimes praticados. Em Curitiba o depoimento do ex-ministro da fazenda Antonio Palocci que atingiram diretamente os ex-presidentes Lula e Dilma Rossef com afirmações do recebimento de “propinas” o que foi rebatido pelos dois que Palocci estaria mentindo. É sempre assim. Acusações só são verdades quando são dirigidas aos adversários políticos dos petistas. No Rio de Janeiro uma figura do esporte muito respeitada que levou o voleibol do Brasil a grandes conquistas pelo Mundo ele na condição de presidente da Confederação Brasileira de Voleibol Carlos Nuzman é denunciado e encontram mais de R$ 420 mil reais no seu apartamento como parte do pagamento para levar as Olimpíadas de 2016 para o Rio de Janeiro. Em Salvador a Policia Federal encontra R$ 51 milhões de reais em notas de R$100 e 50 reais em apartamento que estava cedido por um amigo de Geddel Vieira Lima que estava cumprindo prisão domiciliar. São denuncias graves que o jornalista Ari Moura no seu comentário semanal neste blog chamava atenção a semana passada de que ainda estava por acontecer, e aconteceram. E neste domingo (10.09.) com certeza o jornalista vai trazer mais informações para os leitores do blog, é só aguardar.Malas e caixas de dinheiro encontradas em apartamento ligados a Geddel Vieira Lima. (Foto PF).

 

Deixe uma resposta