Embasa e Coelba disputam em Jequié quem é pior.

Duas empresas que são responsáveis por serviços essenciais no município de Jequié uma no setor de abastecimento de água e saneamento básico (Embasa) e a outra no setor de energia elétrica (Coelba) vem prestando um péssimo serviço. E o pior não existe nenhuma providencia contra estas duas empresas por parte do executivo municipal, legislativo (câmara de vereadores) e justiça (Ministério Público). No programa Ari Moura Comunicando na Jequié FM 89,7 nestes oito meses de 2017 foram várias as reclamações, falta de água, esgotos a céu aberto, queda de energias além dos apagões que aconteceram e o pior os valores altos que são cobrados. Um morador da Urbis IV bairro popular paga em média de 150,00 a 200,00 reais por mês no consumo de energia, entre o mês de julho/agosto ele esteve viajando e a sua conta chegou acima de R$ 400,00 ele garante que só deixou a geladeira ligada. Assim acontece com vários consumidores que se assustam a cada conta que chega seja de energia como de água o jornalista Ari Moura a vários anos observa que entre os meses de abril/maio e junho ou entre outubro e novembro sempre acontecem aumentos nas contas de água e energia mesmo que o consumidor não observe com 10,00, 20,00 e até 100,00. Um ouvinte no programa a anos atras chegou a dizer: “eles fazem estes reajustes que é para pagar o 13º salários dos funcionários” mas ninguém pode comprovar teria que ser feita uma denuncia no Ministério Público.Ilustração com charge de JB.

Deixe uma resposta