Leur Lomanto Jr lamenta abandono do Centro de Convenções e diz que transferência deve prejudicar setores do turismo

O líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa, Leur Lomanto Jr.(PMDB), condenou a proposta do governo do estado em dar fim ao imóvel que abriga o Centro de Convenções da Bahia (CCB), no Costa Azul e construir um novo, no Parque de Exposições, na Avenida Paralela. O deputado lamentou o fechamento do imóvel, após um ano do desabamento de parte da estrutura e destacou a importância da campanha do trade turístico para manter o CCB no mesmo local. No domingo (24/09), ocorre um ato simbólico, intitulado de Abraçaço, às 9h, como forma de apelo para que o governo não faça a mudança para a Paralela. “Diante da falta de competência para resolver a situação do espaço nesse período, o governo agora lança a ideia de transferir o CCB para o Parque de Exposições, sendo que o próprio CREA apresentou um relatório este ano, descartando qualquer inutilidade na atual estrutura física do equipamento. Defendo a permanência do CCB e a sua reabertura o mais breve possível ou então que se aproveite alguma área próxima, a exemplo do espaço do antigo Aeroclube. Muitos restaurantes e hotéis, nos arredores do espaço têm sofrido prejuízos com o seu fechamento, sem contar o número de eventos que a cidade deixou de sediar”, enfatizou. Conforme o líder, a causa do trade turístico é ainda mais importante por se tratar de um dos setores que mais empregam. “Será que o governo não percebe que essa mudança vai aumentar ainda mais os prejuízos para o setor hoteleiro e de turismo em Salvador? São muitos pequenos e grandes empresários que investiram na implantação de hotéis e restaurantes no entorno do CCB e que estão desesperados com a falta de perspectivas de melhorias. É uma situação lamentável que o governo finge não perceber”, criticou.Deputado Leur Lomanto Júnior em pronunciamento. (Foto Divulgação).

 

Deixe uma resposta