Servidores do Estado protestam contra desvalorização da categoria.

Em lugar de festa, luta. É com esse espírito que o funcionalismo estadual protesta, nesta segunda-feira (30.10.) que sucede ao Dia do Servidor Público, contra o descaso em relação às reivindicações da categoria. Em manifestação convocada pelo Sindsaúde-Ba para a porta da Secretaria da Administração (SAEB), no CAB, a partir das 9 horas, os trabalhadores vão denunciar que estão há dois anos sem reajuste salarial, acumulando perdas de direitos e de poder aquisitivo. O Sindsaúde convidou todas as entidades representativas de servidores do Estado a reforçar a manifestação, entendendo que a política de desvalorização e desmonte do serviço público afeta a todas as categorias. A intransigência e a falta de diálogo são características comuns da postura da gestão estadual em relação aos trabalhadores. No caso da Saúde, ressalta o presidente do sindicato, Sílvio Roberto dos Anjos e Silva, a situação é ainda mais grave devido à evidente estratégia de enfraquecimento do SUS, priorizando a terceirização. Além do arrocho salarial, diz ele, “os servidores enfrentam a morosidade da Sesab para despachar os processos de aposentadoria e de promoção, assim como a questão da progressão de 2014, em que o governo descumpriu a retroatividade prevista em lei”.SAEB será o foco do protesto na segunda-feira. (Foto Divulgação).

Deixe uma resposta