A SEMANA

Estamos no decimo primeiro mês do ano de 2017-Novembro, contagem regressiva para o final do ano. Em Brasilia o mesmo clima das semanas e meses que se passaram somente denuncias, disputas por espaços políticos, interesses da permanência do atual presidente no cargo e vejo agora o que temia no inicio da tal Lava Jato a grande pizza que tudo isso vai se transformar. Mas alguns de vocês meus caros leitores devem perguntar: “Mas não foram presos FIGURÕES, empresários, políticos, até ex-ministros e outros… Sim foram presos mas o que foi esclarecido até agora? Que eles desviaram recursos do governo federal para se beneficiarem ou usaram recursos indevidos de obras como a ferrovia Oeste/Leste (Fiol) que A Folha publicou matéria nesta sua última edição perguntando exatamente o que irá acontecer? Eles outros lá decidem tudo da forma que lhes convier mudanças nas Leis Trabalhista, Previdência Social podem aguardar que ainda vão acontecer outras mudanças e nos brasileiros vamos pagar caro. A mesma coisa que esta acontecendo em Jequié com a utopia de um programa de rádio que vai ao ar aos sábados pela manhã querendo convencer aos ouvintes para aceitar a criação da Cosip, como se fosse a salvação do município, na verdade coisas do interesse do apresentador que tem benefícios recebidos da atual administração municipal com contratos de altos valores. Assim é fácil demais tentar convencer as pessoas para aceitar a tal Cosip uma falta de critérios éticos para quem esta com um microfone na mão em uma emissora de radio que diz amem aos erros da atual administração. O povo de Jequié precisa acordar estão levando o município para o fundo do poço e o pior com o aval de vários políticos, vereadores, deputados estadual e federal eles não tem pena de ninguém querem só o beneficio próprio. Esta é a leitura que estou fazendo hoje estas palavras que estão contidas neste comentário saem livremente não tenho nada contra ninguém mas estou sentindo na carne a falta de compromisso da atual administração municipal com a verdade com o dever do compromisso assumido o que importa para a maioria dos que estão lá é o cargo e no final do mês os altos salários nas suas contas. O aposentado, pensionista, prestadores de serviços, fornecedores que apenas tem pequenos valores para receber da Prefeitura. Ficam para terceiro ou quarto plano, só dizendo: “vou de pagar dia 30, depois mudam para o dia 10 do mês seguinte e continuam enrolando, e o que mais me deixa triste é ver pessoas que eu pessoalmente tinha no mais alto conceito de compromisso com a verdade são verdadeiros MENTIROSOS. Francamente estou decepcionado  já vejo outros colegas da imprensa deixando de prestar serviços para atual administração por todos estes motivos que escrevi acima. Vou até esquecer de comentar qualquer coisa sobre o governador, porque não está valendo a pena. Tenham todos uma ótima semana e muita saúde…

Deixe uma resposta