ESPORTES:No Atlântico, Ricardo Silva valoriza história no Vitória e relembra vice da Copa do Brasil

O Atlântico (Salvador) faz sua estreia no campeonato baiano de futebol 2018-serie A no próximo dia 21 de janeiro. O adversário da equipe da capital será o Vitoria da Conquista jogo que será realizado no Barradão as 16 horas. Em 2017 o  “Tubarão” como já é conhecido teve uma campanha considerada boa porque conseguiu permanecer na primeira divisão. Este ano o Atlântico traz como novidade seu treinador que tem passagem pelo futebol da BahiaA história do Vitória em decisões de títulos nacionais pode ser contada nos dedos. E, num deles, está a final da Copa do Brasil de 2010, cujo comando era do técnico Ricardo Silva, na final perdida para o Santos de Neymar, Robinho, Ganso e André. Embora tenha chegado próximo da glória nacional inédita para o clube baiano, o técnico de 58 anos pouco usufruiu deste feito ímpar na história rubro-negra. Atualmente comandando o Atlântico no Campeonato Baiano, ele valoriza o segundo lugar no torneio nacional e diz que qualquer treinador que chegue ao Leão terá que suar para igualar seus números. “Qualquer treinador que chegue no Vitória e for campeão baiano, eu fui, do Nordeste, eu fui, se for vice da Copa do Brasil, eu fui. Só vai me passar se for campeão da Copa do Brasil. Com o Atlântico, ele projeta a semifinal do Baianão e comemora a possibilidade de ter feito uma pré-temporada mais extensa no TubarãoRicardo Silva quer levar o Atlântico para ficar entre os quatro no Baianão. (Foto Max Haack ).

Deixe uma resposta