Janeiro fecha com 16 homicídios em Jequié.

Este blog acompanhou as ocorrências policiais que foram divulgadas em emissoras de radio em Jequié no mês de janeiro de 2018. E foram computados 15 assassinatos e um elemento que resistiu a prisão e foi morto pela CIPE/Central. O mês de janeiro de 2018  começou com duas pessoas que foram mortas em Jequié no Alto do Cansanção e Cidade Nova no mesmo momento. Evandro Silva dos Santos, 31 anos, apelidado de “Jacu” morto com aproximadamente oito disparos de revólver e a adolescente Kelly Ferreira Barreto, 16 anos com um disparo. De lá para cá foram registrados mais 13 assassinatos que deixaram a população de Jequié preocupada, chegando ao número de 15 mortes e o caso de Leandro Machado que teria resistido a prisão e na troca de tiros com policias militares da Cipe Central veio a óbito. A quantidade de pessoas que foram atingidas por disparos de arma de fogo mais não vieram a óbito também é grande, ocupando espaços no Hospital Geral Prado Valadares. Já no final do mês de janeiro numa operação conjunta da Policia Militar e Policia Civil em Jequié tirando alguns elementos de circulação, as ocorrências policiais diminuíram chegando a situação do Cicom não ter nenhum registro policial.Uma cena que comoveu a todos quando uma criança chegou perto do homem morte e passou a mão na cabeça da vitima. (Foto Produção).

 

Deixe uma resposta