BR-116 na Bahia continua sem investimentos.

A reportagem deste blog juntamente com A Folha e o programa Ari Moura Comunicando na Jequié FM 89,7. Tem acompanhado a situação da BR-116 (Rio-Bahia) no trecho entre Jequié a Vitoria da Conquista (152 Km) e Jequié a Feira de Santana (265 Km). O movimento de veículos, a situação da pista (conservação), sinalização, acostamentos e investimentos. Em comparação ao período anterior à concessão com certeza a situação melhorou muito, mais o que teria ficado acertado com o Ministério dos Transportes através da ANTT-Agência Nacional de Transportes Terrestres, esta muito longe de ser cumprido. Nos últimos meses de 2017 como aconteceu em 2016 a reportagem deste blog da A Folha e do programa Ari Moura Comunicando na Jequié FM 89,7 constatou que os investimentos e melhorias foram poucos. O maior investimento teria sido a ponte sobre o Rio Paraguaçu (final de 2017) assim como algumas passarelas nos 69 Km entre Feira de Santana e o Rio Paraguaçu (3). Não se entende porque os serviços da duplicação entre Feira de Santana e o Rio Paraguaçu ficaram paradas nestes dois últimos anos (2016/2017) a Concessionária Via Bahia não informa os motivos. São vários pontos que os serviços estão parados a exemplo de um viaduto em Santo Estevão. No trecho entre Jequié, Poções a Vitoria da Conquista trechos com falta de acostamentos, o perigo com a falta da pista dupla. A falta de cobrança por parte do Governo do Estado, da Assembleia Legislativa da Bahia deixa a empresa responsável pela manutenção da BR-116 muito a vontade para fazer o que bem quer.Em vários pontos obras da pista dupla na BR-116 estão paradas. (Foto Agência AM).A reportagem da A Folha  está sempre percorrendo a BR-116 verificando a situação. (Foto Agência AM).

 

Deixe uma resposta