Destaque em Saúde: Médicos canadenses protestam contra aumento dos próprios salários

Médicos de Quebec, no Canadá, assinaram uma carta em protesto contra o aumento dos próprios salários. Os 500 médicos e residentes, além dos mais de 150 alunos de medicina, que apoiam a ação defendem que seus salários já são altos e que eles parecem os únicos “imunes aos cortes” de gasto feitos pelo governo canadense, já que outros profissionais de saúde estão em situação precária, a exemplo de enfermeiros.                                                                 Ilustração do Bahia Noticias.

 

Deixe uma resposta