Assassinato na Cidade Nova eleva o número para 19 em Jequié.

O assassinato registrado na manhã de quinta-feira (15.03.) por volta das 9 horas da manhã na praça em frente a igreja de Nossa Senhora Aparecida no bairro da Cidade Nova em Jequié. Elevou o número de homicídios no município para 19, sendo 18 assassinatos 17 com arma de fogo e um com arma branca (faca tipo peixeira), a outra morte foi latrocínio. Este blog tem um outro dado que chega a 21 mortes sendo que as duas a mais foi de confronto entre dois marginais com a policia militar (Cipe) e (19º BPM) os elementos morreram em ações em dias diferentes. No caso do assassinato na Cidade Nova , Reinaldo Oliveira Silva, 24 anos estava em companhia de Edivania Silva Santos, 33 anos sua companheira, eles estavam em uma moto, marcaram um encontro com alguém em frente da igreja. O que se sabe é que um elemento chegou a pé  foi logo fazendo os disparos (3), com um revolver calibre ponto 40 atingindo Reinaldo que chegou a correr mais caiu morto a 50 metros próximo a um parque infantil na praça e Edivania foi ferida á altura do ombro direito caindo ao chão, dois elementos chegaram em uma moto para dar cobertura, e outro numa segunda moto deu carona ao assassino fugindo do local. Pessoas que viram o ocorrido só comentaram mais não disseram nada a policia que chegou alguns minutos depois do ocorrido. Edivania Santos foi levada por uma ambulância do Samu para o Hospital Prado Valadares. A moto que Reginaldo Silva estava, desapareceu do local e ninguém soube informar quem teria levado, o delegado Territorial Moabe Macedo Lima fez o levantamento cadavérico do corpo de Reginaldo Oliveira Silva que foi levado para o IML e deve dar inicio as investigações para descobrir os autores deste crime.Corpo de Reginaldo Silva coberto por um lençol aguardando o levantamento. (Foto Agência AM.

Uma das balas no chão calibre ponto 40 localizado pela policia civil. (Foto Agência AM).

 

Deixe uma resposta