A falta de viaturas é uma realidade do Conjunto Penal de Jequié

 O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (SINSPEB), denuncia a precariedade das viaturas do Conjunto Penal de Jequié (CPJ). Das quatro existentes na unidade prisional, duas estão na oficina há mais de um mês, uma esta encostada ha mais de um ano, e a única que está na unidade encontra-se com problemas na direção. A realidade é que, as viaturas estão sempre com problemas mecânicos e de manutenção. As viaturas são utilizadas para realizar transporte de presos para transferência de unidade e também para levá-los para atendimento médico. A falta dos veículos é um dos muitos problemas que retrata a realidade da categoria. O Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), através do Fundo Penitenciário Nacional (FUNPEN), repassou para a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), através do Fundo Penitenciário Estadual (FUNPEN–BA), mais de 73.000.000,00 (setenta e três milhões de reais). O recurso deveria ser aplicado em reforma e ampliação das Unidades Prisionais, aparelhamento e custeio. Acontece que, o repasse para as contas da SEAP foi realizado em 23 de outubro de 2017, e até o momento nem um centavo foi aplicado na melhoria do Sistema Prisional Baiano, isso porque, o processo está travado na Superintendência de Gestão Prisional (SGP), há mais de seis meses. O estado não oferece condições de trabalho  ao agente penitenciário para desenvolver seu trabalho, o que vemos no sistema prisional é um descaso para com o profissional, exigências impostas aos trabalhadores e falta de condições para que estes desempenhem suas atividades com segurança e dignidade. Alertamos ao Governo do Estado da necessidade urgente de realizar manutenção preventiva das viaturas que atendem as unidades prisionais, bem como a aquisição de novos veículos celas.  Mais uma vez surge aquela pergunta que não quer calar, por que o Superintendente de Gestão Prisional está engavetando o Plano de Aplicação para o recurso do FUNPEN. O SINSPEB cobra a necessidade de políticas sérias de valorização e qualificação profissional voltada para o Servidor Penitenciário. (Ascom – SINSPEB)                Viatura abandonada no pátio do Conjunto Penal de Jequié. (Foto Divulgação).                     Viatura do Conjunto Penal fica na oficina vários meses. (Foto Divulgação).

 

 

 

Deixe uma resposta