INSATISFAÇÃO: Comerciantes discordam da Prefeitura de Jequié.

Um anuncio que chegou a ser veiculado em uma emissora de radio ligada atual administração municipal em Jequié, informando que a praça da Bandeira, deverá ser fechada a partir do próximo dia 5 de junho para armação do palco e estruturas para o São João deste ano. Causou indignação aos comerciantes do local pelo fato de não serem consultados para saber a opinião e quais as opções para os consumidores estacionar seus veículos. Este fechamento consiste em proibir o estacionamento de veículos em toda praça, mudança do ponto de ônibus coletivo e outras alterações que irão prejudicar em muito o fluxo de pessoas na praça. Com a situação da economia como se encontra no momento, o comercio enfrentando uma série de dificuldades sem ter nenhum tipo de apoio do poder público. Fechar a praça da Bandeira já a partir do dia 5 de junho é mesmo que assinar um “atestado de óbito” para várias empresas principalmente as menores. A reunião que aconteceu na noite de terça-feira (15.05.) na Associação Comercial, Industrial e Jequié -ACIJ, com a presença de grande parte dos comerciantes serviu para uma tomada de posição, mas causou surpresa ausência da CDL e apenas uma pessoa da ACIJ.

                     Reunião dos comerciantes aconteceu no salão da ACIJ. (Foto Produção).

Deixe uma resposta