Ouvintes e população apoiam debate em radio.

Um debate que foi programado pela produção do programa A Semana em Revista que vai ao ar aos sábados na emissora de rádio 93-FM sobre o comando do dublê de jornalista/deputado estadual Euclides Fernandes. Teve no sábado (19.05.) um ingrediente a mais, que foi a questão dos processos que atual administração pública municipal através do prefeito Sergio da Gameleira e de alguns secretários abriu contra radialistas e jornalistas de Jequié. Com participações importantes a exemplo do presidente do Sinterp, Everaldo Oliveira por telefone direto de Salvador, radialista Gilmar Azevedo direto de Brasilia, Marcus Vinicius ex-radio Globo do Rio, todos manifestando suas opiniões sobre o Direito de Imprensa e livre expressão. O debate contou com as presenças dos radialistas Marcos Cangussú, Marcio Lima, Josafá Oliveira (Reporter Tatu) da 93-FM, jornalistas Ari Moura (A Folha), Edmundo Filho( Ascom do Governo do Estado), advogado Juracy Novato. Todos opinaram sobre as denuncias que vem sendo feitas pelo prefeito de Jequié e dois secretários do atual governo junto a justiça local, alegando que são ofensas, quando na verdade são criticas atual administração que tem cometido muitos erros e equívocos. Foi colocado que o prefeito e alguns secretários querem “intimidar” os profissionais da imprensa, não aceitando as criticas que são feitas. Vários ouvintes e pessoas da população se manifestaram através da rede social, dando todo apoio aos profissionais que estão sendo processados Ao termino do debate na 93-FM o empresário de publicidade Emanoel Andrade- conhecido como Nel da Solução X, foi tomar satisfações com o jornalista Ari Moura por ter criticado ele, pode não ter entregue o mandato de presidente da Associação Jequieense de Imprensa-AJI que esta vencido a vários  meses,  ele que não toma uma posição em defesa dos profissionais que estão sendo ameaçados pela atual gestão. Nel ainda chegou a empurrar o jornalista o que foi contestado por várias pessoas que estavam presentes na entrada da emissora de rádio, mostrando claramente o seu desespero, chegando ameaçar Ari Moura que se voltar a falar dele que iria ver o que pode acontecer. Lamentável esta situação. Profissionais de imprensa presentes no estúdio para o debate na 93-FM. (Foto Agência AM).

Deixe uma resposta