Obituário: Morre o jornalista Audalio Dantas.

O jornalista Audálio Dantas morreu na tarde de quarta-feira (30.05.), aos 88 anos, no Hospital Premiê, em São Paulo. Ele lutava contra um câncer de intestino desde 2015, quando foi operado; a doença atingiu fígado e pulmões depois disso. Em abril, foi internado no centro médico, onde morreu. Segundo sua família, o corpo será cremado. Ele deixa mulher e filhas. Dantas foi presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo em 1975, ano do assassinato do jornalista Vladimir Herzog. Foi um dos responsáveis por denunciar que Herzog foi torturado e morto no DOI-CODI –o que contrariava a versão oficial do governo, de suicídio. Deixou o cargo em 1978, ano em que foi eleito deputado federal. Em 1985 ele participou de um encontro dos jornalistas no Paraná onde o jornalista Ari Moura teve oportunidade de em um debate denunciar a situação de insegurança dos profissionais no estado da Bahia, onde na época tinha acontecido dois assassinatos no Sul do estado. Audálio Dantas levou a denunciar para Brasilia onde fez a denuncia.               Jornalista Audalio Dantas em encontro no Paraná em 1985. (Foto Produção).

Deixe uma resposta