A SEMANA

Estamos no sexto mês do ano de 2018 – Junho com um diferencial grande para os outros meses deste ano, porque já tivemos inicio dos festejos juninos com a  festa de Santo Antonio inclusive padroeiro do município de Jequié e está chegando a festa do São João para depois da lugar a de São Pedro. E neste ano de 2018 com a realização da Copa do Mundo de futebol que esta sendo realizada na Russia, a diferença para outros meses aumenta mais ainda, mesmo com os jogos que irão invadir o próximo mês de julho. Assisti posso dizer uma aula que foi realizada no auditório do Ifba de Jequié na manhã de sábado (15.06.), sobre a greve dos caminhoneiros. Analises que foram apresentados inicialmente por três professores mais que depois contou com a participação de um quarto professor. Explanações que foram feitas de formas diferentes de tudo que aconteceu nos dias da greve (10). Digo diferentes porque foi dito por um dos professores sobre a situação do Brasil desde os tempos de  Washington Luís (15.11.1926 a 24.10.1930); a Getulio Vargas (10.11.1937 a 29.10.1945), chegando a Juscelino Kubitschek (31.01.1956 a 31.01.1961); passando pelos governos militar chegando até os tempos atuais. Notei que os professores não queriam tratar da questão politica na greve dos caminhoneiros e entendi. Mas foi muito oportuna as colocações feitas para mim jornalista ver as coisas de outro angulo. Assim acontecem com as noticias que chegam de Brasilia, nos colocando a par de tudo ou quase tudo, numa versão que nos é passada pelos meios de comunicação de lá. Como sempre gosto de dizer: Samba do crioulo doido  ou seria Balaio de gatos com cachorro dentro. Como disse no comentário anterior, não acredito que o presidente Michel Temer venha cair antes de deixar o cargo em dezembro. Na Bahia as coisas começam a tomar novos rumos na politica, mesmo não sendo em grandes proporções. a dosagem ainda esta pequena, só que não se pode esperar muito, porque se não passa as eleições e o objetivo que se queria não é alcançado. O pre candidato ao governo da Bahia José Ronaldo esteve em Jequié no encerramento dos festejos de Santo Antonio e nos concedeu entrevista pela Jequié FM, ele continua afirmando que ainda não esta definida a chapa majoritária, tudo que vem se falando é apenas especulações. Já o governador Rui Costa tenta minimizar os problemas enfrentados na segurança pública da Bahia, que entrou no rol dos mais violentos do Brasil, e não foi de agora é de 2016 para cá. Em Jequié o prefeito Sergio da Gameleira corre atras dos prejuízos quando fez mudanças no quadro de secretários, tirando uma peça de um lugar colocando em outro, buscando mais espaços na mídia, depois dos desgastes dos processos contra profissionais da imprensa. A chegada do São João buscando formulas de realizar a festa sem comprometer o orçamento do município, anunciando o pagamento de 50% do 13º salário do funcionalismo, aposentados e pensionistas. Tem que se rebolar, porque não esta fácil, resolver todos os problemas, as tais emendas que nunca chegam, um deputado federal que destina micharias para Jequié em detrimento de outros municípios do estado e por ai vai… Até o final deste mês o prefeito de Jequié Sergio da Gameleira tem que dar aquela sacudida no seu governo mas atitudes que o povo note que alguma coisa esta sendo feito. Quer ver uma coisa? Asfaltar várias ruas da cidade do centro e dos bairros, como? Busque nas assessorias a formula eles estão ai para isso. Tenham todos uma ótima semana e muita saúde…

Deixe uma resposta