Confirmada paralisação dos servidores municipais em Jequié.

Professores Municipais de Jequié aderiram a Paralisação Unificada das Atividades, na segunda-feira (11) em Assembleia Geral da Categoria. A paralisação será de 24h, juntamente com o Sindi-ACS e o Sinserv, em Defesa dos Direitos e por mais respeito e dignidade para com os Servidores Públicos Municipais. A manifestação acontecerá no dia 19/06, com uma caminhada do Centro da cidade até a Prefeitura Municipal de Jequié. A Concentração será na Praça em frente aos Correios, às 8 horas da manhã. Além da paralisação, a categoria de professores dá prosseguimento ao calendário de lutas aguardando a resposta do oficio já encaminhado em que a APLB solicita audiência com a Comissão de Negociação para discutir os impactos do Piso de 2018. O próximo passo é realização de uma Assembleia da Rede Municipal, no mês de julho, para avaliar e deliberar sobre a luta do Piso para 2018. O Sindicato também incentiva que as Escolas Municipais realizem reuniões com pais, mães, responsáveis e estudantes e discuta com eles a situação da Educação Municipal e a Valorização Profissional dos Professores. Durante a Assembleia, a diretora da APLB, Caroline Moraes, informou sobre as Eleições da APLB Sindicato – Diretoria Executiva que acontecerá em julho, e que todos os filiados deverão participar com o seu voto. Caroline também falou sobre a situação do pagamento da 3ª Lista de retroativos dos Processos Administrativos. Segundo a Controladoria houve demora por conta da necessidade de refazer os cálculos com os descontos de Previdência e Imposto de Renda. Sobre a escolha dos representantes para os Conselhos do IPREJ, a diretora avisou que a categoria deverá aguardar a Assembleia Unificada. E a respeito do reagendamento do uso da Tribuna Livre pela APLB Sindicato na Câmara Municipal de Vereadores, o evento está previsto para dia 25 de julho às 17h.Em assembleia professores confirmam paralisação para o dia 19 de junho. (Foto Divulgação).

Deixe uma resposta