Transferência de presos diminui violência em Jequié

*POLÍCIA CIVIL DA BAHIA/9ª COORPIN/DT JEQUIÉ*

Uma informação divulgada pela 9ª Corpin na sexta-feira (14.09.) dando conta que após 9 anos e 3 meses, a cidade de Jequié volta a ficar 30 dias sem um CVLI (Crime Violento Letal Intencional). Tal resultado é fruto de um trabalho que vem sendo desenvolvido nos últimos anos, com o mapeamento das ORCRIMs (Organizações Criminosas) que atuam em Jequié e região. No ano de 2017 houve redução dos referidos crimes, em 2018, com um trabalho ainda mais direcionado e com foco em operações de inteligência no âmbito prisional, os números continuaram a melhorar. A Polícia Civil, em conjunto com a inteligência prisional (COORDIP), desencadearam 5 operações relacionadas aos mandantes dos CVLI, os quais gerenciavam os ilícitos de dentro do Conjunto Penal de Jequié. Participaram também das operações,  o 19º BPM e CIPE/Central. Foi possível a transferência de 4 presos para o presídio de segurança máxima de Serrinha, fato determinante para obtenção na redução dos crimes. Jequié, no ano de 2018, apresenta uma redução dos CVLI em 35% em relação ao ano anterior. Ressalte-se que no presente ano, a Polícia Civil está com índice de resolução de CVLI em 54% e indiciamento em 36%, números que demonstraram a efetividade dos trabalho que vem sendo desenvolvido. (Fonte: Informe interno 9ª COORPIN).                                         Policia Civil e Policia Militar em Jequié agiram em conjunto. (Foto Produção).

Deixe uma resposta