A SEMANA

Estamos chegando a última semana do penúltimo mês do ano-Novembro, na contagem regressiva para o final do ano. Como já era esperado a formação do novo governo federal que assume a partir de 1º de janeiro de 2019, já começa causar “ruídos”. Mas parece que o presidente eleito Jair Bolsonaro não esta muito incomodado com isso, nota-se que parte dos ministros são técnicos ou diretamente ligados ao exercito, não ouvi ou li se tinha alguém da marinha apenas um da aeronáutica o astronauta brasileiro Marcos Pontes. Com isso ele vai compondo seu governo ainda em estado de graça junto ao povo principalmente aqueles que lhe confiaram o voto, que estão cheio de esperanças de que tudo vai dar certo e vai ser melhor do que os últimos governos. Claro que estou torcendo que isso realmente aconteça, não sou petista para desejar que dê errado para dizer: “Bem que eu disse, isso ai era um engodo”. Na vivencia dos quasse 40 anos de profissão, já vi um bocado de coisas acontecerem, justamente neste período (1978/2018), no final do período da Revolução Militar  para alguns teria sido um “Golpe”. O presidente da republica era o general João Figueiredo, eleito indiretamente, terminando o circulo de militares no governo. A volta dos civis ao comando do Brasil aconteceu  numa eleição em que o ex-governador de Minas Gerais Tancredo Neves foi eleito mas não tomou posse morrendo, em seu lugar assumiu o vice-presidente José Sarney começando uma serie de problemas para os brasileiros. Ai a história conta tudo que aconteceu em todos estes anos passando por Fernando Collor de Melo e os outros que não melhoraram em nada a vida do brasileiro. Na Bahia o governador Rui Costa muito a cavalheiro, sem se preocupar nem um pouco com aliados que querem espaços dentro do seu próximo governo, vai tomando algumas atitudes, que vão mostrar a cara real de um governo do PT. Ele já se acha com o direito de indicar o candidato a prefeito de Salvador para derrubar de vez o poderio de ACM Neto. Em Jequié o que assistimos nos últimos dias foi uma peregrinação do prefeito Sergio da Gameleira por todas as emissoras de rádio, em quase todos os programas para falar do seu governo, e rebater as criticas que tem recebido dos adversários, principalmente a bancada de oposição na Câmara Municipal. Na semana que se findou ficou no ar mais uma denuncia contra ele (prefeito), dos vereadores de oposição encaminhando documentos para Policia Federal em Vitoria da Conquista que deverá serem analisados tendo consistências pode acontecer alguma coisa de novo, mas com certeza não será ainda neste ano. A aproximação do prefeito de Jequié Sergio da Gameleira com o governador Rui Costa já é um caso consumado, resta saber o que realmente irá trazer de benefícios para o povo do município. Em tempo o caso do Distrito Industrial de Jequié está sacramentado, não será recuperado pelo Governo do Estado, a tendencia é só piorar. Tenham todos uma ótima semana e muita saúde…

Deixe uma resposta