A SEMANA

Estamos no quarto mês do ano de 2019-Abril, finalizando a Semana Santa, com o domingo de pascoa, onde os ânimos na politica brasileira estiveram “calmos”. Mas com certeza deverá voltar agitar com as discussões sobre a reforma previdenciária nesta semana que se inicia, para o governo necessária e urgente a reforma, para os sindicalistas e parte da população medidas que não favorecem em nada principalmente quem esta chegando a hora de aposentar. Os três poderes no Brasil estão mesmo em baixa, executivo com denuncias e prisões contra ex-presidentes e governadores (Lula e Michel Temer), (Sergio Cabral e Pezão),legislativo manchado a vários anos com denuncias e prisões de deputados e senadores. Agora aumentam as denuncias contra juízes na suprema corte, envolvendo mais um dos poderes o judiciário. Na verdade já existiram e existem denuncias contra juízes por este Brasil a fora, deixando a todos nós brasileiros com a pergunta: Em quem confiar? Confesso a vocês que em ninguém deixo para as próximas gerações mais um ditado que considero de minha autoria: ” Até que me provem ao contrario, confio em todo mundo”. Mas neste momento o que estamos assistindo no Brasil é que não se deve confiar em ninguém. Até no judiciário? Volto a dizer, qual será a imagem que o nosso país está passando lá fora? Imaginem vocês que acordaram logo cedo e estão lendo este comentário semanal, que faço aqui neste espaço, guardem na lembrança, vocês mais jovens que tem uma vida pela frente, para daqui a 10 ou mais anos dizer: Ari Moura já escrevia isto em 2019. Na Bahia estamos assistindo a cada dia um posicionamento de um governador do PT que age como agiu durante muitos anos (16), o carlismo de Antonio Carlos Magalhães, considerado um ótimo governador para o estado mas um péssimo politico principalmente para os seus adversários. Pior ainda esta sendo o atual governador Rui Costa que não esta sendo bom para ninguém, os professores das universidades estaduais que o digam. E os funcionários públicos estaduais, aposentados e pensionistas? Ele já disse e pensa: “Vou ganhar pelo cansaço” Em Jequié as coisas deram uma esquentada na semana que passou, a presença da Policia Federal no vizinho município de Lafaiete Coutinho terminou “respingando” em Jequié onde a imagem do deputado estadual Zenildo Brandão-Zé Cocá era tido como limpa e intocável, sendo cantado em prosas e versos como um ótimo candidato a prefeito da Cidade Sol. Deixa agora duvidas se realmente é o candidato ideal que o povo quer para tirar o município da situação que se encontra nestes últimos 20 anos. Dar somente a minha opinião de que se trata de uma pessoa honesta e boa, não será suficiente para mudar a opinião de milhares de pessoas que tomaram conhecimento dos fatos, mesmo ele (Zé Cocá) tendo dito em entrevistas em duas emissoras de rádio de que não tem nada a ver com as acusações que lhe são imputadas. Até dizer de que Francisco não é Chico, o povo ficou com aquela imagem de que a Policia Federal esteve no município e na casa do politico buscando provas de irregularidades. E agora José? O povo de Jequié esta buscando um nome que venha realmente passar confiança, que seja competente para administrar o município  e tirar a cidade da situação em que se encontra. Quem é este nome? Eu também quero saber. Tenham todos uma ótima semana e muita saúde…

Deixe uma resposta