Desfile de 7 de Setembro “relâmpago” em Jequié.

Mudando de última hora o inicio do desfile comemorativo de 7 de Setembro em Jequié no sábado, que estava programado para começar as 8 horas, antecipado para as 7 horas e 30 minutos, Fez com que o prefeito de Jequié Sergio da Gameleira (foto) passasse pela avenida Rio Branco sem ser notado já que o público era pequeno por causa da chuva fina que caia no momento. O Tiro de Guerra que foi a primeira entidade militar a desfilar passou em frente ao palanque oficial as 9 horas e 5 minutos, seguindo-se as demais num desfile “relâmpago” que não chegou a demorar 1 hora (9:48) já tinha terminado. Sabendo que haveria uma manifestação contra a sua administração o prefeito Sergio da Gameleira deixou o palanque oficial no momento em que se apresentava um pessoal do “Aulão” sem esperar o Grito dos Excluídos que manifestou muita insatisfação contra o prefeito de Jequié que chega aos 92% de rejeição (Agência AM de Noticias Ltda) neste inicio do mês de setembro. O que causou também surpresa foi a saída das autoridades militares que seguiram o prefeito, já que o desfile cívico de 7 de Setembro tem uma importância muito grande para história o Brasil e merece o respeito de todos. A reportagem deste blog ouviu várias pessoas que se mostraram indignadas com atitude do prefeito de Jequié. Muitos pais e familiares de alunos do Colégio da Policia Militar -CPM também ficaram sem entender porque o colégio não desfilou, a reportagem deste blog soube através de alguns alunos que teria sido por causa da chuva. Vamos aguardar a informação da direção do CPM.                 Desfile em Jequié foi aberto pelo Tiro de Guerra de Jequié. (Foto Agência AM).As primeiras pessoas que chegaram na avenida se protegeram da chuva. (Foto Agência AM).Prefeito Sergio da Gameleira antes de deixar o palanque oficial conversou com o comandante do 19º BPM Ten/Cel Gondim. Sairam os dois. (Foto Agência AM).Autoridades abandonam o palanque oficial no desfile de 7 de Setembro em Jequié. (Foto Agência AM).Grito dos Excluídos levou um bom número de pessoas para avenida. (Foto Agência AM).  Mochilão foi lembrado nos protestos contra o prefeito de Jequié. (Foto Agência AM).

 

Deixe uma resposta