A SEMANA

Estamos no nono mês do ano de 2019-Setembro o Governo Federal novamente parou para acompanhar mais uma cirurgia do presidente Jair Bolsonaro. Foram mais de 10 dias em que  o presidente da republica ficou internado e iniciando uma recuperação, em um hospital de São Paulo, o vice-presidente Hamilton Mourão, só cumpriu um roteiro que já estava elaborado para participar de alguns eventos e assinar documentos e mais nada. Um país que atravessa uma das piores crises econômica de sua história, com mais de 13 milhões de desempregados, não se pode dar ao luxo de ficar 10 dias aguardando uma cirurgia e recuperação de um presidente. Vejo o tempo passando nenhuma solução concreta para resolver a crise, economistas fazendo previsões para 2020 de que não vai melhorar em nada e meus olhares se voltam para minha JEQUIÉ: O que vai ser de nós se não tem nenhuma perspectiva da melhora da economia do Brasil. Agradeço as pessoas pela confiança na minha opinião sobre estes assuntos, sempre só perguntado na rua nos bates papos o que eu acho sobre o atual governo do presidente Jair Bolsonaro. Dou a mesma resposta do que escrevo aqui neste espaço semanal: Não existe plano de governo,  vão fazendo as coisas de acordo os problemas que surgem. Agradeço atenção que me foi dispensado pela direção e funcionários da Vanádio Maracas quando das comemorações de 5 anos de atividades e ampliação de sua produção de minério. As vezes penso que estou num lugar estranho, mas vejo que a todos os momentos pessoas me identificam e cumprimentam. Muito obrigado. Fique sabendo que o governador Rui Costa não foi a Maracas para participar do evento por algum problema de ordem pessoal, ele não estaria  satisfeito com alguma coisa por lá, com certeza não era nada com a empresa mais com alguém ou alguma outra coisa. Não quiseram me dizer. Em Jequié a situação não é nada diferente do Brasil, tem problemas econômicos, uma população grande de desempregados, um governo municipal sem programa, fazendo as coisas de acordo o que aparece. Um leitor deste espaço me desafiou a dizer qual a obra realizada pelo prefeito de Jequié Sergio da Gameleira nos 2 anos e nove meses de administração, se seria a agora cantada praça do Bolo? Ou seria a cobertura de uma simples quadra esportiva no Cururu no bairro do Joaquim Romão? É. Tudo indica que vamos nos contentar com pouca coisa, e esperar o próximo prefeito. A escrevendo aqui sobre um próximo prefeito, afirmo sem medo de errar. Até agora não apareceu um só nome que houvesse uma manifestação do povo de Jequié para dizer: A este sim é um bom candidato! Tenham todos uma ótima semana e muita saúde…

Deixe uma resposta