Leur Lomanto Jr. destaca expectativa para canonização e revela relação histórica de sua família com a Dulce dos Pobres

Vice-presidente da Comissão de Turismo, Leur Lomanto Jr. ressaltou também os ganhos para o turismo religioso. Ele também lembrou que o ex-governador Lomanto Júnior doou terreno, onde funciona escola para carentes da Osid.

O deputado federal Leur Lomanto Jr.(DEM), destacou a expectativa para o ato de canonização de Irmã Dulce, no próximo domingo e revelou a relação histórica de sua família com a freira ao lembrar que o seu avô, o ex-governador Lomanto Júnior, falecido em 2015 doou o terreno em Simões Filho, onde  funciona uma escola da Osid e onde também foi homenageado há cinco anos com a inauguração da Sala de Memória Governador Lomanto Júnior. Diante dessa ligação,  Leur Jr. foi um dos convidados pela superintendente Maria Rita Pontes para viajar junto a uma comitiva de deputados para o evento, no Vaticano. “Como católico e devoto será uma emoção participar desse momento. Sempre ouvi em casa às histórias ligadas aos meus avós Lomanto e Detinha com Irmã Dulce.  Isso tudo aumentou ainda mais a minha fé. É uma alegria saber que vamos vivenciar um momento histórico de celebração da primeira santa brasileira, um orgulho para todos nós”, disse.No cargo de vice-presidente da Comissão de Turismo da Câmara federal, Leur Jr. ressaltou também o incremento para o turismo religioso na Bahia. “A confirmação de sua santidade movimenta o turismo e traz ganhos econômicos para o estado, pois será despertado o interesse dos peregrinos em conhecer a história da santa e visitar seu santuário”, comemorou.  Irmã Dulce recebeu Dona Detinha e Lomanto Júnior, para agradecer a doação de terreno. (Foto Arquivo).

Deixe uma resposta