Samu continua atendendo acidentes com motos em Jequié.

Apesar da diretora do Hospital Geral Prado Valadares-HGPV se negar a dar as informações do número de atendimentos com acidentes de motos que são registrados todos os dias em Jequié e região para imprensa. É sabido que os números de acidentes com motos não tem diminuído no municipio de Jequié; todos os dias são registrados vários acidentes com vitimas. Uma pessoa que trabalha no Samu em Jequié disse a reportagem deste blog que os atendimentos acontecem diariamente, como o que aconteceu na tarde de quinta-feira (17.10.) por volta das 15 horas e 45 minutos no Distrito Industrial de Jequié próximo ao clube da AABB, que foi acompanhado pela nossa reportagem. Uma pessoa que fez a solicitação do atendimento do Samu registrou que levou mais de 28 minutos para chegada da ambulância (foto). A vitima uma senhora que teria caído da moto, sofrendo uma fratura no pé esquerdo e escoriações (foto), foi atendida pela equipe do Samu que fez a imobilização da perna, e levou para a emergência  do Hospital Geral Prado Valadares. A reportagem registrou que a equipe levou 28 minutos para chegar e mais 22 minutos para conduzir a vitima do Distrito Industrial para a emergência do HGPV. Isso mostra claramente que a unidade do Samu está em local inadequado na Av. Cesar Borges num deslocamento deste levar 50 minutos quase uma hora. Se fosse um outro tipo de atendimento mais urgente com certeza a vitima iria a óbito.                            Acidente de moto com vitima no Distrito Industrial. (Foto Agência AM).     Ambulância do Samu chegou ao local 28 minutos da solicitação. (Foto Agência AM).Equipe do Samu  fez o atendimento rápido dentro dos procedimentos normais. (Foto Agência AM).Retorno da ambulância do Samu para o hospital passando pelo trafego no centro da cidade. (Foto Agência AM).

 

Deixe uma resposta