JAGUAQUARA: Morador de 100 anos e suas lembranças

A reportagem deste blog esteve no sábado (19.10.) no municipio de Jaguaquara e conheceu o Sr. Armino José Rodrigues que nasceu no dia 25 de junho de 1919 em Santo Antonio de Jesus filho de: Germino José Rodrigues e Dona Melchiades Santos Barboza. Com seus 100 anos de idade, ele lucido conversa tudo, conta fatos registrados a 80 e até 90 anos atras como  a chegada de tropeiros na região de Jaguaquara e Jequié. Falou da chegada da linha de ferro com a passagem do trem vindo de Nazaré das Farinhas até Jequié, tanto de cargas como de passageiros. O Sr. Armino José atravessou a rua onde reside duas vezes sem ajuda de ninguém observando aproximação dos veículos, ele foi buscar a sua identidade (foto) para mostrar ao jornalista Ari Moura, comprovando a sua idade. Disse que veio ainda jovem várias vezes a Jequié com seu pai o Sr. Germino José, para fazer compras, seus pais já falecidos a muitos anos sempre moraram em Jaguaquara e conheceram muitos momentos da vida da cidade. “As coisas mudaram muito, antes os homens ainda faziam alguma coisa, hoje esta faltando tudo”-disse. Ele lembrou o nome de famílias tradicionais de Jaguaquara, a instalação do Colégio Taylor Egídio com a presença da família Dubois, disse ter conhecido o Sr. Pompilio Sampaio e sua esposa, moradores de Jequié, que tinham fazenda na região. “Ajudei muito meu pai, ele chegou a negociar com gado”- falou. Não chegou a concluir nenhum curso mas estudou em escola particular junto com seus irmãos (3). Nunca precisou fazer exames afirmando que a sua saúde é muito boa, se alimenta normal, e nunca usou óculos. Foi casado duas vezes tem filhos, dois ainda residem em Jaguaquara, são 100 anos bem vividos, e quer viver ainda muito tempo.    Sr. Armino José Rodrigues, com 100 anos quer viver muito tempo. (Foto Agência AM)

Identidade do Sr. Armino José Rodrigues confirmando seus 100 anos de vida. (Foto Agência AM).

Deixe uma resposta