Pesquisa e pesquisa e nada mais…

Já ficou comprovado de que nem tudo que se apresenta numa pesquisa é verdadeiro e revela a vontade popular. Em Jequié, na Bahia e no Brasil já teve pesquisas que mostravam dados favorecendo um determinado candidato a cargo eletivo, que na hora do voto apresentou um resultado completamente adverso e com diferenças altas. A eleição do atual governador da Bahia Rui Costa em 2014 quando derrotou o candidato Paulo Souto que era tido como eleito é um desses exemplos. Em São Paulo já aconteceram inúmeros casos como Jânio Quadros com Fernando Henrique que chegou a sentar na cadeira de prefeito e terminou derrotado pelo“homem da vassoura”. A reportagem deste blog perguntou no centro da cidade de Jequié na manhã de sexta-feira (08.11.) a 12 pessoas se foi pesquisado,  nenhum confirmou. Este deve ser um dos critérios que a pesquisa deve mostrar como foi feita e onde foi feita, porque a depender dos bairros e centro da cidade as opiniões podem ser direcionadas a um determinado nome. Agência AM de Noticias Ltda empresa responsável pela edição do jornal A Folha, programa Ari Moura Comunicando na Jequié FM e este blog. Apesar de não ser um instituto de pesquisa nas “enquetes ” feitas em bairros diferentes de Jequié constatou em duas delas que o prefeito Sergio da Gameleira realmente não vem sendo bem avaliado, não foi feita nenhuma referente a prováveis candidatos a prefeito em 2020. A última “enquete” foi realizada no mês de junho no último mês do segundo trimestre deste ano (2019). Em virtude dos custos não foi possível realizar no trimestre (julho, agosto e setembro).Pesquisas em Jequié não revelam a realidade exata dos que está acontecendo. (Foto Produção).

Deixe uma resposta