Estado e empresa não sabiam de problema no aeroporto de Jequié.

A noticia que surgiu na quinta-feira (14.11.) da semana passada dando conta de que a empresa responsável pela recuperação da pista do aeroporto Vicente Grilo em Jequié, estaria indo embora. Pegou a todos de surpresa o jornalista Souza Andrade (blogjequieeregião) tomou conhecimento e procurou apurar para saber o que estava acontecendo e obteve a informação que o valor (mais de 1 milhão de reais), não seria suficiente para realizar a obra o que teria feito com que a empresa retirasse todo o equipamento, sem maiores detalhes. A noticia logo se espalhou pela rede social, chegando até a Secretaria Estadual de Infraestrutura-SEINFRA cujo titular é o secretário Sr. Marcos Cavalcante, que na terça-feira (19.11.) cuidou de dar uma nota informando que: “As obras de recuperação do aeroporto Vicente Grilo, em Jequié, foram interrompidas na última semana após técnicos identificarem um acumulo anormal de água no subleito da pista.  Estudos estão sendo realizados para identificar a origem do excesso da água e definir ações necessárias para estabilizar o aterro. Após a conclusão do estudo será retomada a obra de restauração da pista e decolagem”, esclarece nota da ASCOM/SEINFRA. Como o estado abre uma licitação para recuperar a pista do aeroporto Vicente Grilo em Jequié e não sabe que existe este problema? E a empresa Setel Engenharia que ganhou a licitação não sabia do problema? Quanta incompetência junta! E agora como vai ficar a situação? Mas uma vez o povo de Jequié vai ter que esperar o “tal estudo” para saber quando os serviços serão realizados? ME BATA UM ABACATE, como diz o jornalista Ari Moura.Infiltração de água por baixo da pista do aeroporto tirou empresa das obras. (Foto Ascom Seinfra).

Deixe uma resposta