Farmácia do Povo, Cesta do povo e agora Restaurante Popular…

É fácil raciocinar o que acontece no Brasil, principalmente nos municípios, espalhados pelo território nacional. Cada governo planeja ou faz verdadeiras “arrumações” para os quatro anos de uma administração, e acontecem coisas com os recursos públicos, que são jogados fora de forma irresponsável. A criação da Cesta do Povo na Bahia que não era nada novo, porque já existiam em alguns estados, mas no período do Carlismo (16 anos), foi implantado na Bahia. O povo podia comprar alimentos da cesta básica, com preços mais baixos dos que eram praticados no comercio normal, funcionários públicos recebiam créditos para serem descontados nos seus contras cheques do mês seguinte. Veio o Governo do Partido dos Trabalhadores e fechou as lojas nos municípios do interior inclusive Jequié. O Governo Federal cria a Farmácia do Povo,  Jequié ganha uma que foi instalada num prédio na Av. Rio Branco (foto).  A população mais carente podia comprar medicamentos mais baratos e existiam alguns que eram dados gratuitamente. Vem o governo do PT e fecha. Uma parceria formada entre os governos federal e municipal são instalados os Restaurantes do Popular, para fornecer almoços e jantar (sopas) com preços bem mais baixos dos praticados em restaurantes normais, vem o partido dos trabalhadores-PT e fecha, em Jequié a Prefeitura vem mantendo a duras penas, mas tem que fechar para “reforma”. Uma situação realmente que ninguém entende mais acontece e o povo é o maior prejudicado, mas continua voltando nos políticos que fazem vistas grossas para todos estes problemas. Até quando?                        Restaurante Popular fecha para reforma em Jequié. (Foto Arquivo).

Deixe uma resposta