Sacramentado: Prefeito de Jequié permanece no cargo

Chegou a terça-feira (02.06.) estava programado que o pedido de afastamento do prefeito de Jequié Sergio da Gameleira iria entrar na pauta da sessão ordinária da Câmara Municipal para ser analisada e até julgada com um possível afastamento do prefeito do cargo. Agora isso poderia acontecer em virtude de alguns vereadores que estavam do lado do prefeito  só agora notar que o “barco está afundando” ter pulado para oposição podendo somar o número de votos para o afastamento. Mas como foi previsto pelo jornalista Ari Moura aqui neste blog e no programa na Jequié FM 89,7  no primeiro momento que foi ventilado a possibilidade deste afastamento, que não iria acontecer. O jornalista se baseou na forma como o processo estava sendo conduzido tanto que os vereadores (charge) derrubaram através de uma liminar conseguida na justiça. Depois vieram outras desculpas para não realização das sessões, por último a desculpa de que não acontece na terça-feira dia 2 de junho porque o governador decretou o Toque de Recolher a partir das 17 horas que o regimento interno determina que deve começar as sessões na câmara. O que causa estranheza  quando vereadores e prefeito juntos querem aprovar algum projeto ou outro assunto que interessam a eles, são convocadas sessões para qualquer horário (manhã, tarde e noite) e realizam até duas sessões seguidas no mesmo dia. Para quem estava esperando a saída do prefeito de Jequié Sergio da Gameleira para agora vai ter que esperar 212 dias. Quem viver verá.Deputado Estadual Euclides Fernandes com vereadores da situação. Charge ilustração do wharsapp.

Deixe uma resposta