Ministro da Infraestrutura assegura volta das obras da ferrovia.

O desejo de ver a ferrovia Oeste/Leste concluída deveria ser muito grande por parte dos gestores dos municípios por onde a Fiol um dia irá passar. Mas o que se nota que só é lembrada quando a imprensa publica uma matéria como esta, ou uma autoridade federal traz alguma informação. O ministro de Infraestrutura Tarcisio Gomes de Freitas esteve a quatro meses atras em São Desidério, na Bahia para anunciar que as obras da ferrovia iriam retornar. A quem diga que teve trechos que não parou, mas o lote 2F que fica entre o Riacho do Jacaré no municipio de Itagibá até o Rio das Contas no municipio de Tanhaçu (115,36 Km) passando por Jequié as obras pararam. O jornalista Ari Moura esteve visitando este trecho acompanhado de engenheiros e técnicos em 2019,  pode registrar que as obras estavam adiantadas, se tivesse continuado já teriam sido concluídas, mas parou. O ministro da infraestrutura Tarcisio Freitas anunciou que em dezembro deste ano deve acontecer novas licitações para empresas privadas que deverão fazer parte das obras principalmente no trecho entre Caetité e Barreiras, já no Oeste da Bahia o setor de engenharia do Exercito deverá assumir. O deputado federal Leur Lomanto Júnior em uma de suas audiências com o ministro da infraestrutura reivindicou a volta das obras da ferrovia e pediu a instalação de um terminal intermodal para Jequié. No projeto existe a instalação de um polo industrial para integração da ferrovia com a rodovia BR-116(foto). As obras de artes neste trecho do lote 2F estão bastante adiantados como as pontes sobre as águas da Barragem de Pedras o que pode facilitar o andamento, para o termino da ligação da ferrovia entre Caetité e o porto em Ilhéus.Ponte sobre a Barragem de Pedras em Jequié, obra de arte já concluída. (Foto Reprodução).Viaduto da ferrovia sobre a BR-116 no Km-677 em Jequié na integração. (Foto Reprodução).

Deixe uma resposta