A SEMANA – comentário do jornalista Ari Moura

Estamos no décimo primeiro mês do ano de 2020-Novembro contagem regressiva para o final do ano, este que é para ser esquecido no Mundo, Brasil, Bahia e principalmente em Jequié. Todos nossos leitores pessoas esclarecidas sabe muito bem do que estou escrevendo, infelizmente para nossa querida Jequié e seu povo foi um ano horrível. Imaginem quantas mortes foram registradas nos últimos 9 meses de pandemia da Covid 19 no Hospital Geral Prado Valadares-HGPV. Mas como gosto de começar os comentários pelo Brasil mas uma vez o presidente da republica Jair Bolsonaro que demonstra intranquilidade falta de controle emocional não pensa antes de falar. Fez criticas contundentes contra vários países principalmente a França na questão dos desmatamentos na Amazônia atribuído a eles (países) a culpa de tudo que esta acontecendo. Logo a turma da diplomacia entrou em campo para “apagar o fogo”, foi um Deus nos acuda, tudo pela imprudência e falta de controle do presidente. A questão das Forças Armadas na politica ainda esta rendendo alguma coisa, que o vice presidente general Hamilton Mourão é quem esta procurando administrar. Neste ano eleitoral com o pleito municipal, uma disputa nos chama atenção para prefeito de Recife, que foi para o segundo turno a neta de Miguel Araes politico que teve grande influencia em Pernambuco, Marilia Araes candidata a prefeita e o outro um bisneto do líder politico já falecido, trata-se de João Campos que é filho de Eduardo Campos que morreu num acidente aéreo quando estava em campanha para presidente da republica. Com certeza a família Araes vai assumir a prefeitura da Veneza Brasileira. Na Bahia a disputa entre o governador Rui Costa e o prefeito de Salvador ACM Neto deu o prefeito com sobras, o candidato apoiado por ele ganhou as eleições com mais de 64% dos votos validos, enquanto a candidata de Rui Costa não passou dos 19%. Como ainda teremos o segundo turno nos dois maiores municípios do interior, Feira de Santana e Vitoria da Conquista, a disputa continua com o governador Rui Costa apoiando os candidatos do seu partido o PT contra candidatos do MDB. Um aperitivo para o que pode acontecer em 2022, o senador Jaques Wagner tenta desmerecer a vitoria de ACM Neto, ele que esta no mesmo caminho do apagado ex-senador João Durval quando esteve no Congresso Nacional. Em Jequié a vitoria do candidato Zé Cocá do PP, com vários apoios numa mistura que a muito tempo não acontecia na politica local, principalmente o DEM de Leur Lomanto Júnior, com o PT de Rui Costa e PP de João Leão. A surpresa foi a quantidade de votos que teve o candidato James Meira, desconhecido da população mas que chegou perto. Por outro lado o deputado federal Antônio Brito esta querendo “quanto pior melhor a situação do povo de Jequié”, com a decisão de anunciar que os vereadores eleitos pelo PSD tem que ser oposição ao prefeito Zé Cocá que ainda vai tomar posse em 1º de janeiro de 2021. A pancada foi tão grande no resultado das eleições deste ano para o deputado, que ele ainda não se aprumou. Antecipar o que quer a partir de janeiro de 2021, mostra a falta de controle um prenuncio de continuar caindo na opinião do povo de Jequié. Eleição dos membros da mesa diretora da câmara está sendo anunciado nomes, mas vamos analisar melhor e na próxima semana a gente comenta. CONTAGEM REGRESSIVA: Faltam 39 dias para o prefeito Sergio da Gameleira deixar o cargo. Tenham todos uma otima semana e muita saúde…

Redação

Deixe uma resposta