Nível das águas no rio de Contas sobe em Jequié e baixa na barragem em Porto Alegre.

Com a vazão que foi colocada em pratica pela CHES no reservatório da Barragem de Pedras em Jequié chegando aos 500m³/s na quarta-feira (25.11.). O nível das águas no rio das Contas subiu  chega perto de várias residenciais que ficam as margens do rio a exemplo do que acontece na Rua Argemiro Melo no bairro do Joaquim Romão (foto). Até o momento na publicação desta matéria não havia nenhuma informação da CHESF sobre a diminuição do volume das águas, até quando vai permanecer com este volume (500m³/s). Em Porto Alegre distrito do município de Maracás que está na montante da barragem de Pedras informações dos moradores que somente na quarta-feira (25.11.) o nível das águas teriam baixando mais de 35 centímetros (foto). O rio ainda estaria recebendo águas vindas da sua nascente e de vários afluentes, mas segundo Zé da Balsa que reside a muitos anos na localidade, não deve passar dos 100m³/s. Se não chega a 100m³/s e está saindo 500m³/s com certeza o nível de armazenamento já diminuiu bastante longe da cota de segurança. A CHESF não se pronuncia, não  tem como manter contatos por telefone, email ou whatsapp, porque sempre é a mesma coisa os funcionários não podem dar informações, o diretor sempre esta ocupado em reunião e eles dirigem a situação de Recife. Se continuar com essa vazão os moradores de Porto Alegre, e de outras localidades no entorno da barragem podem organizar uma manifestação em frente da usina de Pedra com a presença da imprensa regional para que as autoridades tomem conhecimento do que está acontecendo. Rio de Contas subindo chegando nas casas que ficam na Rua Argemiro Melo no bairro Joaquim Romão em Jequié. (Foto Agência AM)
Aguas estão baixando na região de Porto Alegre no município de Maracás. (Foto Produção).

Redação

Deixe uma resposta