Prefeitos não se entendem no Consorcio Rio das Contas

Mas uma vez desentendimentos entre prefeitos dos municípios que compõem o Consorcio Intermunicipal do Médio Rio das Contas (CIMURC), marca a realização da Assembleia Geral para escolha do presidente. O consorcio é formado pelos municípios (19), Jequié, Jitauna, Itagí, Ipiaú, Ibirataia, Itagibá, Dario Meira, Apuarema, Itamari, Barra do Rocha, Gongogí, Ibirapitanga, Ubatã, Ubaitaba, Aurelino Leal, Itacaré, Manoel Vitorino. Na sexta-feira (08.01.) no salão Luiz Amaral na Associação Comercial, Industrial de Jequié-ACIJ, menos de 2/3 dos prefeitos presentes, foram discutidos a formação de chapas para concorrer a presidencia do consorcio Vale Rio das Contas. O nome do prefeito recém empossado de Jequié Zenildo Brandão-Zé Cocá foi colocado, o que teria causado descontentamento por parte do prefeito de Itagí Olival Andrade que argumentou que o município de Jequié estaria pela terceira vez dirigindo o CIMURC, o prefeito do município de Jitauna Patrick Lopes teria rebatido que não existiria nenhum impedimento para tal. Talves o prefeito de Itagí não tenha lembrado que o seu município já dirigiu a entidade com o então prefeito Railton Ramos  por dois mandatos. O assunto se tornou polemico houve discussões e Olival Andrade terminou se retirando da reunião ameaçando tirar o município de Itagí do consorcio. Numa outra assembleia o prefeito do município de Itagibá, Gilson Fonseca teria ficado indignado com a posição de alguns colegas quanto a divisão nos atendimentos por parte do Governo do Estado, na época a situação ficou estremecida entre o prefeito de Itagibá e o presidente do consorcio prefeito de Jequié Sergio da Gameleira.

Prefeitos presentes na assembleia elegem Zé Cocá presidente do CIMURC. (Foto Sergio Monteiro).

 

 

Redação

Deixe uma resposta