Obras do Porto Sul em Ilhéus, impulsionam pequenos negócios o comercio no local.

O início da implantação do Porto Sul, com a instalação do canteiro de obras e a construção da ponte sobre o Rio Almada, que dará acesso à retro área de armazenagem de minérios, está impulsionando o surgimento de pequenos negócios em localidades próximas ao empreendimento, no litoral norte de Ilhéus. São lojas de materiais de construção, mercados, padarias, restaurantes e outras, que estão sendo abertos e ampliados, além do aquecimento do setor imobiliário. Proprietário de uma loja de materiais para construção na Vila Juerana, Wellington Araújo é um exemplo desse otimismo. Após o início das obras, ele começou a ampliar e modernizar a empresa e já contratou 15 novos funcionários. “Tem muita gente chegando de olho nas novas oportunidades, casas sendo alugadas, restaurantes abertos, enfim, há um clima de otimismo, porque não vamos depender somente do movimento do verão e dos feriados. Estou muito otimista e sei que o Porto Sul vai impactar”, afirma.

Welington comemora bom movimento nos negócios. (fotopimentanamuqueca)

Nilza Barbosa é também dona de loja de materiais de construção. “Já sentimos uma melhora no movimento, com muita gente construindo ou reformando residências, tanto que planejo ampliar a empresa este ano”. Diego Souza Santos, que teve que encerrar as atividades de uma escola infantil no bairro Malhado por causa da pandemia da Covid-19, enxergou nova oportunidade e abriu mercadinho às margens da Rodovia Ilhéus-Itacaré (BA-001). “[O Porto Sul] para o comércio é excelente, porque haverá aumento do consumo com a renda gerada pelos empregos na obra. As pessoas aqui estão bastante otimistas”. Carine Lima abriu com a irmã uma padaria na Vila Juerana e diz que o movimento está crescendo bastante. “Com o avanço das obras, já pensamos em ampliar o negócio e contratar mais funcionários. As pessoas estão dispostas a investir porque o porto está se tornando realidade”.

CLIENTELA CRESCEU

Proprietário de um restaurante/pizzaria na Vila Juerana, Adilson José dos Santos, conhecido como Le Chef, afirma que, com as obras e a implantação do Porto Sul, a tendência é aumentar o movimento. “porque haverá maior circulação de pessoas”, diz ele, observando que, com o Porto, deixa de depender da sazonalidade do negócio e garante clientes durante todo o ano.

Obras do Porto Sul impulsionam a economia na região norte de Ilhéus. (Foto pimentanamuqueca).

Redação

Deixe uma resposta