Cineastas da Uesb têm filme selecionado em festival internacional de cinema

Nos dias 11 e 15 de abril, o filme documental “Coleção Preciosa”, realizado pelo Programa Janela Indiscreta, Museu Pedagógico e o curso de Cinema e Audiovisual da Uesb, será apresentado durante a 26ª edição do “É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários”, o maior do gênero na América Latina. O Festival acontece entre os dias 8 a 18 de abril, de forma on-line e gratuita, com exibição de 69 filmes de 23 países, além de masterclasses e debates. Produzido pela diretora Rayssa Coelho e pelo professor Filipe Gama, o curta “Coleção Preciosa” é o único nordestino e interiorano selecionado na categoria. O filme será exibido no dia 11 de abril, às 13 horas, na plataforma Looke. No dia 15 de abril, às 11 horas, pela plataforma Sesc 24 de maio, a produção do filme participará de um debate com outros curtas-metragistas brasileiros da competição, mediado por membros da comissão de seleção dos filmes. Além de integrar a programação, o filme concorre ao prêmio de Melhor Documentário da Competição Brasileira: Curtas-Metragens, concedido pelo júri oficial do Festival. Paralelamente, a produção concorre ao Prêmio Canal Brasil de Curtas; ao Prêmio Mistika, em Melhor Documentário da Competição Brasileira de Curta-Metragens; e aos Prêmios EDT (Associação de Profissionais de Edição Audiovisual), em Melhor Montagem. Os filmes vencedores nas competições brasileiras e internacionais de longas/médias-metragens e de curtas-metragens estarão, automaticamente, classificados para apreciação à disputa pelo Oscar 2022.

Sobre o filme – “Coleção Preciosa” traz a trajetória de Ferdinand Willi Flick (in memoriam), técnico de refrigeração conquistense que, durante 52 anos, colecionou itens de cinema que constituíram um acervo composto de raros recortes de películas de projeção (chamadas por ele de filmogramas), cartazes, pôsteres, folhetos antigos dos cinemas de Vitória da Conquista, recortes de jornais, revistas e outros tantos materiais que contam parte da história do cinema mundial e nacional e também das salas de cinema na terceira maior cidade da Bahia. Atualmente, o acervo está sob guarda do Museu Pedagógico – Casa Padre Palmeira, no Centro de Documentação Albertina Vasconcelos, localizado no campus da Uesb, em Vitória da Conquista. A produção do filme foi aprovada no Edital Setorial do Audiovisual 2019 e tem o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, da Secretaria da Fazenda, da Fundação Cultural e da Secretaria de Cultura.

Redação

Deixe uma resposta