UPB assina termo para injetar R$100 milhões em microcrédito nos municípios

Cooperação com o Governo do Estado, através da Desenbahia e Setre, pretende gerar emprego e renda com a expansão do Credibahia 

A União dos Municípios da Bahia (UPB) assinou na quarta-feira (12.05.) um termo de cooperação técnica para apoiar a expansão do Programa Credibahia nos municípios do interior do estado. A parceria, firmada com a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE) e a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), pretende injetar R$100 milhões na economia dos municípios baianos, através do microcrédito para pequenos e microempreendedores. De acordo com o presidente da UPB, Zé Cocá, o acesso ao crédito é fundamental para a retomada da economia no interior do estado. “Nesse momento de pandemia, nós precisamos levar investimentos aos municípios e a Desenbahia e a Setre querem isso. Precisamos oxigenar a economia dos municípios, gerar emprego e renda e o crédito tem esse poder”, afirmou Zé Cocá, acrescentando que a Desenbahia tem uma das menores taxas de juros do mercado. O gestor, que é prefeito de Jequié no Sudoeste baiano disse também que mobilizará os consórcios intermunicipais para avançar territorialmente na expansão do programa. O presidente Desenbahia, Francisco Miranda, destacou que a parceira com a UPB é uma oportunidade para avançar no desenvolvimento territorial. “Nossa meta é instalar um posto do Credibahia em cada um dos 417 municípios baianos”. O chefe de gabinete da SETRE, Juremar de Oliveira, reforçou que a cooperação facilitará o acesso ao crédito de micro e pequenos empreendedores. “A universalização de uma política pública como essa só é possível se houver uma parceria forte entre o estado e as prefeituras”, pontuou. O Credibahia é um programa de microcrédito de iniciativa do Governo da Bahia. A concessão do primeiro empréstimo, tanto para capital de giro quanto para investimento fixo, varia de R$ 3 mil a R$ 5 mil, podendo chegar a R$21 mil, com parcelas fixas em até 24 meses. Participaram da assinatura do termo, o vice-presidente da UPB e prefeito de Miguel Calmon, José Ricardo Requião (Caca), os prefeitos Gilson Cardoso de Santanópolis, André Andrade de Queimadas, também presidente do Consisal, prefeito Arnaldinho Oliveira de Caém e Edifrancio Oliveira de Santa Bárbara. (Matéria Secom/UPB).

Presidente da UPB Zé Cocá com participaram da assinatura do termo. (Foto Secom/UPB).

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho anuncie neste blog arimoura.com.br.

 

Redação

Deixe uma resposta