Maio Amarelo reforça o respeito aos limites de velocidade e uso do cinto de segurança

INTERINO:

Com o tema “Juntos Salvamos Vidas”, o mês de conscientização no trânsito, o Maio Amarelo, será marcado em Feira de Santana com palestras, lives e ações externas. O objetivo é chamar a atenção da sociedade a refletir sobre a responsabilidade e o dever de cada para tornar o trânsito mais seguro, reduzindo o número de acidentes.

As ações estão sendo coordenadas pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) e órgãos parceiros, como o Sest/Senat, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito e a 3ª Ciretran. A abertura do Maio Amarelo ocorreu na manhã de quarta-feira (04.05.), no auditório da SMT, onde foi apresentada a programação para os agentes de trânsito.

O superintendente do órgão municipal, Cleudson Almeida, reforça que o Maio Amarelo é voltado para a conscientização da necessidade em respeitar as normas de trânsito. “Desta forma, conseguimos salvar vidas”, afirma. O titular do órgão acrescenta a importância da união entre a sociedade e o poder público para reduzir as estatísticas no trânsito.

“O respeito à sinalização de trânsito e os limites de velocidade, bem como o uso de equipamentos de proteção obrigatórios, como capacete e o cinto de segurança, são necessários e salvam vidas”, destaca pontuando que “90% dos acidentes têm como causa o comportamento humano”. Segundo dados oficiais, morrem no Brasil, anualmente, cerca de 60 mil pessoas. Número considerado elevado, se comparado com outros países. O número de feridos chega a 180 mil por ano, sendo a principal causa de mortes por acidente com crianças e adolescentes e cerca de 60% das vítimas tem entre 18 e 44 anos. (Mais notícias de municípios as 19 horas neste blog)

Transito em Feira de Santana enfrenta vários problemas mas motoristas compricam. (Foto Reprodução).

 

Redação

Deixe uma resposta