Associação dos Produtores de Leite do Sudoeste da Bahia passa a ser reconhecida como utilidade pública

Agora é lei. Com a presença do autor da matéria, o vereador Ivan Cordeiro (PTB) a prefeita de Vitória da Conquista, Sheila Lemos, declarou que a Associação dos Produtores de Leite do Sudoeste da Bahia (Aprolsuba) passa a ser reconhecida como de utilidade pública.

Registrada sob o número 2.646, a Lei foi sancionada na última quarta-feira (22), com a presença do vereador, da prefeita, dos secretários Lucas Dias, do Gabinete Civil, Luís Paulo Santos, de Desenvolvimento Rural, e dos diretores da associação.

De acordo com o vereador Ivan Cordeiro, o objetivo é fortalecer as políticas públicas voltadas ao produtor rural. “Essa lei vem para fomentar cada vez mais o produtor de leite, que movimenta a nossa economia local e regional. É uma lei fundamental para que a associação busque investimentos nos órgãos públicos e possa fazer crescer cada vez mais a cadeia produtiva do leite na nossa cidade”, afirmou.

Para o presidente da Associação, George Augusto Glass, o momento é de felicidade. “Para a gente, é muito importante a sanção dessa lei. É um momento que demonstra que estamos no caminho certo, que a Prefeitura nos apoia e nos dá as condições para que a gente possa continuar trabalhando. Só temos a agradecer”.

A Aprolsuba foi criada em dezembro de 2021, com 19 associados. Atualmente, são 52. De acordo com o presidente, aproximadamente 70% são de Vitória da Conquista, Barra do Choça, Planalto e Lucaia. A associação também alcança produtores de Poções, Mirante, Cândido Sales, Planalto e outras cidades do Sudoeste. “Nossa expectativa, com a assinatura dessa lei, é a melhoria da vida do produtor, de suas condições de trabalho e de produção”, assegurou George.

Com presença da prefeita Sheila Lemos, associação foi reconhecida. (Foto reprodução).

Redação

Deixe uma resposta